Terra do Tio Sam

10 séries que representam a cultura americana

O NaTelinha lista diferentes séries para que você possa conhecer um pouco mais dessa cultura

10 séries que representam a cultura americana
"Modern Family" e "Friends" não poderiam deixar de fazer parte da lista - Fotos: Divulgação

Publicado em 20/03/2018 às 09:24:26

Por: Thiago Forato

Se você é fã de séries americanas e sobretudo almeja conhecer ou morar nos Estados Unidos, assistir produtos da Terra do Tio Sam é a maneira mais fácil de tentar descobrir como eles são: o que valorizam e como vivem.

A televisão, querendo ou não, é uma introdução à cultura do país, embora muitas vezes há versões exageradas dessa dinâmica da vida.

O NaTelinha lista a seguir 10 séries que representam a cultura americana de alguma forma.

Modern Family

A série explora as relações entr ediferentes tipos de família americanas.

Mitchell e Camaron, um casal gay e sua filha vietnamita adotada; Phil e Claire, um casal heterossual e seus três filhos; e Jay e sua segunda esposa Gloria, um imigrante colombiano, e seu filho Manny de uma outra relação.

Transmitida pela primeira vez em 2009, a série é popular até mesmo com americanos mais conservadores. O programa abrange também outros temas, brincando com os papéis de pais e mães na sociedade americana.

Friends

Transmitida entre 1994 e 2004, "Friends" entra em praticamente qualquer lista que envolve séries bem-sucedidas dos Estados Unidos.

Fenômeno pop da cultura americana, a série inspirou roupas, tendências, penteados e até vocabulário no país. Muitos dizem que o show mudou até a maneira como as pessoas interagem umas com as outras por lá.

Full House

Batizada como "Três é Demais" no Brasil, esta série foi tão popular que a Netflix produz um spin-off dela desde 2016.

Grande influência no país, "Full House" representa a transição da sociedade de uma estrutura familiar convencional para formatos menos tradicionais.

A história foca em Danny Tanner e sua família. Depois da morte de sua esposa, ele luta para criar três filhas e pede a ajuda de seu melhor amigo, Joey e o cunhado Jesse.

Parks and Recreation

Com sete temporadas entre 2009 e 2015, a série gira em torno da carreir crescente de Leslie Knope, um empregado do governo.

Abordando as questões americanas atuais como o avanço das mulheres no mercado de trabalho e ativismo político, a série também contou com o típico senso de humor americano e caiu nas graças do público.

Seinfeld

Esta comédia foi eleita a maior sitcom de todos os tempos em 2002 pela revista americana TV Guide.

A série teve nove temporadas entre 1989 e 1998 e é uma boa representação do tipo de humor que os americanos encontram na vida cotidiana da cidade.

Ainda que tenha terminado há 20 anos, "Seinfeld" frequentemente tem boatos de uma possível volta. O que não deve ocorrer.

Roseanne

Esta foi a primeira série a retratar de maneira realista uma família da classe trabalhadora americana e as questões que enfrentavam.

Exibida entre 1988 e 1997, a série lidava com temas comuns, como as de que os pais tinham que se desdobrar para criar três filhos.

Um dos motivos para que a série obtivesse sucesso é que nenhum dos personagens se encaixava nos estereótipos típicos, vistos em outras séries do gênero.

Os Simpsons

Há quase 30 anos no ar, "Os Simpsons" parodia o estilo de vida americana e é a série mais longeva dos Estados Unidos em horário nobre.

Propondo representar os Estados Unidos como um todo, a animação já zombou de quase todo o mundo, incluindo o Brasil.

A série também já falou sobre imigração, direito das mulheres, religião, dentre vários assuntos pertinentes, sempre com muito humor e sarcasmo.

Mad Men

Esta série foi exibida entre 2007 e 2015 e segue a vida de executivos, gerentes e funcionários numa agência de publicidade em Manhattan na década de 1960.

"Mad Men" mostra uma parte da história um tanto tumultuada do país e mostra a reação dos personagens em eventos históricos, como o assassinato do presidente John F. Kennedy, a primeira viagem à Lua, a Guerra do Vietnã, etc.

All in the Family

Uma das séries mais influentes da história da TV americana, ela capta a transição dos anos 60 para os anos 70.

Transmitida de 1971 a 1979, a série conta a história de Archie Bunker e sua esposa Edith, além de sua filha Gloria e seu marido, Mike.

The Andy Griffith Show

Clássico programa da TV americana exibido de 1960 a 1968, a série foi exibida num tempo que o povo lidava de maneira mais incisiva contra a discriminação racial, o movimento de libertação das mulheres, guerra, e outros eventos históricos.

Num momento turbulento, a série ofereceu uma espécie de ruptura com a realidade centrada numa pequena cidade cheia de pessoas bem intencionadas, cheia histórias leves.

A série era uma fuga da realidade dos americanos na TV.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!