Reportar erro
Netflix

Mais assustadora e sombria, garantem os irmãos Duffer sobre "Stranger Things 2"

Nova temporada da série estreia hoje

dufferirmaos_4fbc49c03c2bc879e4438ab97319f7a7ad0950dc.jpeg
Divulgação
Thiago Forato

Publicado em 27/10/2017 às 15:14:52

A nova temporada de "Stranger Things" estreia nesta sexta-feira (27) na Netflix, e em entrevista à revista Variety, os irmãos Duffer, criadores da série, falaram sobre os novos episódios.

Os irmãos quiseram unir Eleven e Hopper um pouco mais, coisa que já havia sido pensada anteriormente. "Pensei que algo interessante aconteceria se os juntássemos, era um pressentimento sobre o trabalho desses dois atores. Vamos tentar, quase como um experimento químico", contou matt Duffer.

"Minha combinação preferida nesse ano é Dustin e Steve, que não era prevista inicialmente. Foi algo que meio que evoluiu enquanto escrevíamos e Steve estava ficando meio de lado. Ele não tinha nada muito interessante para fazer. E Dustin o encontrou no canto, sem ninguém para ir e acabou que os dois se juntam e ficou super divertido", continuou.

Ross, por sua vez, explicou que eles tiveram um grande cuidado ao escalar Will Byers: "Já sabíamos que ele voltaria do Mundo Invertido e, como resultado, a segunda temporada seria centrada nele. Mas você nunca sabe de verdade. Ele veio nesta temporada e levou a coisa para outro nível, nos lembrou muito Millie na primeira temporada. Os testes dela foram ótimos e percebemos que era especial, mas quando vimos o que ela capaz de fazer diante da câmera, ficamos espantados. Sentimos o mesmo por Noah nesta temporada. Ele está se tornando um ator muito poderoso".

Ele ainda falou sobre as referências da década de 80: "Há infinitas referências aos anos 1980 para explorar. Tentamos não ser escandalosos, mas em alguns momentos não aguentamos. Para mim, é como uma carta de amor a tudo com o que crescemos amando e a gente só quer tirar nosso chapéu para elas. No melhor cenário, tem alguém com 12 anos assistindo e talvez não tenha visto alguns desses filmes. Talvez nossa série seja a porta de entrada para esses clássicos que nos inspiraram".

Mais Notícias