Encontro do além

Fina Estampa: Tereza Cristina passa noite em cemitério e tem encontro macabro

Vilã se reúne com mortos, desmaia e pensa ser um alma penada

Fina Estampa: Tereza Cristina passa noite em cemitério e tem encontro macabro
Tereza Cristina jura que viu espírito de jornalista em Fina Estampa - Reprodução/TV Globo

Publicado em 15/07/2020 às 06:14:00

Por: Taty Bruzzi

Nos próximos capítulos da novela Fina Estampa, Tereza Cristina (Christiane Torloni) vai passar por um susto tão grande que surta e chega a acreditar que está morta.

A vilã decide ir até o cemitério visitar o túmulo dos familiares e começa a conversar com os mortos. Ela para no jazigo da família Buarque Siqueira e depois dá uma paradinha no da sua mãe biológica, Carlota Valdez.

Não satisfeita, a Rainha do Nilo ainda para no túmulo de Marcela (Suzana Pires) e se surpreende com a presença de uma mulher. Quando a desconhecida se vira, a mãe de Patrícia (Adriana Birolli) reconhece a jornalista já falecida e desmaia.

A perua acorda na calada da noite e começa a vagar feito alma penada em busca da saída, se depara com um funcionário e acredita estar morta. Mais calma, a Petonísia de Tebas liga para Crô (Marcelo Serrado) pedindo por socorro. Confira!

Tereza Cristina se reúne com mortos em cemitério na novela na Estampa  

Nos próximos capítulos da novela Fina Estampa, Tereza Cristina faz uma visitinha ao túmulo da família e tem encontro do além. A perua passa a noite no cemitério e acorda acreditando ser uma alma penada.

 A mãe de René Júnior (David Lucas) acorda inspirada a levar flores para os Buarque Siqueira. Ela se aproxima do jazigo e fica um tempo paralisada, cheira as flores e cospe no chão.

A próxima parada será no túmulo de Carlota Valdez, empregada da família e sua mãe biológica, e começa a xingá-la. “Maldita! Você devia ter morrido antes de ter me trazido à vida. Maldita, maldita”, esbraveja antes de jogar as flores no chão e pisoteá-las.

O passeio continua pelos cemitério e a vilã começa a procurar pelo túmulo de Marcela. “O túmulo da Marcela é por ali. Será que ela continua ali, enterrada? Bem que esses ladrões de cemitério podiam abrir aquela tumba para roubar os brincos da venenosa", fala sozinha.

"Pena que ela não tinha nenhum dente de ouro. Será que os cabelos já caíram? E as unhas postiças, ainda estão crescendo? Ah, eu ia adorar ver o que restou dela sendo comido por um exército de larvas e insetos. Ah, mas eu não vou resistir”, diz enquanto caminho na direção de onde a jornalista foi enterrada.

"Túmulo da Marcelinha? Se não me engano, é por ali...”, sinaliza. “Hoje é dia de dizer, tchau pros mortos, bebê”, ironiza a megera. De repente, a irma de Paulo (Dan Stulbach) avista uma pessoa ajoelhada em frente ao túmulo, rezando.

Ao se aproximar, ela percebe que trata-se de uma mulher. “Hum, parece que alguém teve a mesma ideia... Veio fazer uma visitinha para a morta”, dispara a Rainha do Nilo.

Tereza Cristina se aproxima em silêncio e tira os óculos. A desconhecida se levanta e vira na direção da vilã que surta ao perceber que está diante da amiga morta. A ricaça dá um berro e desmaia.

Enquanto isso, Baltazar (Alexandre Nero) aguarda a patroa do lado de fora do cemitério. As horas passam e o motorista só se dá conta de que anoiteceu quando funcionários fecham o portão.

O marido de Celeste (Dira Paes) tem a ideia de ligar para o celular da dondoca a fim de avisá-la que está presa dentro do cemitério, mas a sobrinha de tia Íris (Eva Wilma) não atende.

A cena está prevista para ir ao ar no capítulo do dia 23 de julho. Tereza Crsitina pensa que morreu e virou alma penada

 Nos próximos capítulos da novela Fina Estampa,

Em surto, Tereza Cristina revela encontro com morta a Crô  

Nos próximos capítulos da novela Fina Estampa, Tereza Cristina sai para visitar o jazigo de sua família e decide dar uma paradinha também no túmulo de Marcela. 

"O túmulo da Marcela é por ali. Será que ela continua lá enterrada? Bem que esses ladrões de cemitério podiam abrir aquela tumba pra roubar os brincos da venenosa", debocha a Jacaroa do Brejo.

Para sus surpresa, ela vê uma mulher e se aproxima para saber de quem se trata. "Parece que alguém teve a mesma ideia. Veio fazer uma visitinha pra morta", dispara a megera.

A desconhecida se vira e a ex-mulher de René acredita estar diante da defunta. Morrendo de medo, a perua cai dura ali mesmo. O tempo passa e quando ela desperta já terá anoitecido.

"O que houve? Não pode ser, túmulos? Eu morri! Eu morri e fui desenterrada. Eu morri, ai meu Deus", começa gritar enquanto corre entre os túmulos. Um segurança se aproxima e aborda a dondoca.

"Meu Deus, outro defunto. Mas aqui tá cheio de zumbi. Vade retro, assombração! Você acha que vai me assustar? Você não tá vendo que eu também tô morta?", reage ensandecida.

O funcionário questiona o que Tereza Cristina faz ali embrigada e ela o enfrenta. "Eu não volto pro meu jazigo nem morta. Eu sou uma alma penada, bebê. Igualzinha a você", retruca a mãe de Paty.

A perua só se dá conta de que não morreu quando o homem ameaça chamar a polícia. Então, ela tem a ideia de ligar para Crô pedindo que a socorra e interrompe um encontro amoroso do subalterno.

"Estou presa no cemitério!", diz a perua. "Como uma coisa dessas foi acontecer?", exclama o mordomo. "Fecha essa matraca e ouve. Não importa o que aconteceu. Vem me buscar", ordena a amante de Pereirinha (José Mayer).

Assim que vê seu fiel escudeiro, a Rainha do Nilo fala assustada. "Ela está viva, a Marcela! Foi como se ela tivesse saído da própria tumba!", relata apavorada ao capacho.   

Crô pensa que a madame está variando, mas a mãe de René Junior insiste que viu a jornalista. "Ela sorriu para mim, Crodoaldo. Com os olhos bem abertos, um olhar perdido, sem emoção, sem brilho", continua a falar. "Nunca lhe vi assim, tão aterrorizada", reage o mordomo.    

A cena vai ao ar no próximo dia 23.



 

Fique por dentro dos próximos capítulos de Fina Estampa e outras produções acessando o canal de Novelas do NaTelinha.





LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!