Exceção

Totalmente Demais é a única reprise da Globo a ter maior audiência que exibição original

História criada por Rosane Svartman e Paulo Halm, Totalmente Demais vem em alta no Ibope

Totalmente Demais é a única reprise da Globo a ter maior audiência que exibição original
Fábio Assunção, Marina Ruy Barbosa e Felipe Simas: eles formam triângulo amoroso de Totalmente Demais - Divulgação/TV Globo

Publicado em 24/06/2020 às 06:54:00 ,
atualizado em 24/06/2020 às 14:19:22

Por: Thiago Forato

Com a paralisação das novelas em março  devido a explosão do novo coronavírus (Covid-19) no país, a Globo teve que recorrer a reprises em pleno horário nobre. Malhação - Viva a Diferença (2017-18), Novo Mundo (2017), Totalmente Demais (2015-16) e Fina Estampa (2011-12) foram as escolhidas, mas somente o folhetim protagonizado por Marina Ruy Barbosa teve aumento de audiência em relação à exibição original.

Totalmente Demais estreou em novembro de 2015 e nas primeiras 12 semanas, enfrentou horário verão e festas de final de ano, época em que o share (índice de televisores ligados) costuma ser historicamente menor. A trama acumulava 23,9 pontos na ocasião na Grande São Paulo, contra 28,7 das mesmas primeiras 12 semanas em sua edição especial. Um acréscimo de 20,1% em relação à sua primeira exibição. Cada ponto equivale a 75 mil telespectadores ou 203 mil lares.

Todas as outras novelas escolhidas pela Globo vêm tendo queda quando comparamos com sua primeira apresentação. Malhação - Viva a Diferença, que está no ar há 11 semanas com uma média de 18,8 pontos, registrava 20,8 no mesmo período em 2017, o que representa uma queda de 9,6%.

Novo Mundo lidera lista de queda

Ainda que a Globo venha tentando relançar Novo Mundo, bombardeando chamadas na programação, não foi só em relação à Éramos Seis que a trama histórica vem fazendo feio no Ibope. Em comparação à sua primeira exibição, há três anos, também.

A história de Dom Pedro I acumulava 22,7 nas suas 12 primeiras semanas em 2017. A edição especial, em 2020,  anota tímidos 18,7, uma queda de 17,6%.

Para o horário mais nobre a Globo recorreu à Fina Estampa, e ainda que a novela de Aguinaldo Silva tenha feito os índices subirem em relação à Amor de Mãe, o mesmo não se pode de dizer de sua exibição original, em 2011.

Fina Estampa é a que está no ar há mais tempo entre as reprises: 13 semanas. Quando foi ao ar, nesse mesmo período, conseguiu uma média de 38,3 pontos ante 33,6 pontos em 2020, uma queda de 12,3%.






LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!