Reportar erro
Covardia

Totalmente Demais: Max enfrenta pitboys e leva surra

Rafael é quem socorre amigo e impede que o pior aconteça

Pablo Sanábio
Max é derrubado no chão e leva chutes em Totalmente Demais - Reprodução/TV Globo
Taty Bruzzi

Publicado em 07/05/2020 às 04:59:00

Nos próximos capítulos de Totalmente Demais, Max (Pablo Sanábio) será vítima de um grupo de pitboys homofóbicos e leva uma surra. Só não acontece o pior com o booker porque Rafael (Daniel Rocha) aparece e coloca os agressores para correr.

Tudo acontece na saída da boate, quando o amigo de Lu (Julianne Trevisol) estiver caminhando com um paquera pela rua e acaba abordado. Ele ainda tenta reagir, mas acaba levando a pior. Já o seu peguete foge do local.

Salvo pelo fotógrafo, o funcionário da Excalibur se nega a ir para o hospital e será levado para o estúdio do garanhão. A assistente da Carolina (Juliana Paes) vai com Jamaica (Gabriel Reif) buscar o amigo e o convence a prestar um BO na delegacia. Confira!

Max enfrenta pitboys e acaba levando uma surra 

Totalmente Demais: Max enfrenta pitboys e leva surra

Em Totalmente Demais, Max será vítima do preconceito contra gays nos próximos capítulos da trama das sete. O booker vai estar se divertindo na boate quando pinta um clima entre ele e outro homem.

Os dois começam a conversar e decidem sair juntos para um local mais íntimo. No meio do caminho, o casal homoafetivo será provocado por um grupo de pitboys.

“Olha o casal de bichinhas!”, diz um dos agressores minutos antes de arremessar uma pedra.  “Essa raça tem que queimar no inferno!”, complementa outro cara.

Com medo, o paquera de Max sugere que eles saiam dali. Só que o amigo da Lu discorda e opta por enfrentar os machistas. “Esses idiotas que tem que respeitar a gente! Eles vão é ouvir!”, rebate o booker.

O amigo de Arthur (Fábio Assunção) tenta dialogar com os rapazes, mas será pego de surpresa e derrubado no chão. Quando percebe que a coisa ficou feia, o acompanhante de Max corre. “Vamos ensinar essa bicha a ser homem de verdade!”, ameaça um dos agressores. Na sequência, os pitboys começam a chutar o booker enquanto ele, aterrorizado, tenta se defender.

Por sorte, Rafael chega e os enfrenta com um pedaço de pau na mão. Antes de ir embora, o grupo ainda dá mais alguns chutes em Max. “Cuidado, deixa que eu te ajudo a levantar. Eu vou chamar um táxi, e te levar pro hospital”, sinaliza o fotógrafo.

“Por favor, eu só quero sair daqui”, implora o amigo de Lu todo envergonhado. Então, o bonitão resolve atender ao pedido do booker e o leva para sua casa. A cena vai ao ar nos próximos capítulos de Totalmente demais. 

Max é aconselhado pelos amigos a denunciar agressão 

Totalmente Demais: Max enfrenta pitboys e leva surra

Nos próximos capítulos de Totalmente demais, Max leva uma surra de pitboys homofóbicos que se sentem incomodados com o booker acompanhado por outro homem na saída de uma boate.

Antes de apanhar, o funcionário da Excalibur e seu paquera serão xingados e hostilizados. O amigo da Lu tenta conversar com o grupo de machista, mas será derrubado no chão e agredido por chutes e pontapés.

Já seu paquera foge quando vê o tempo fechar. Por sorte, Rafael aparece e ameaça os agressores com um pedaço de pau. O grupo vai embora e deixa Max estirado no chão, machucado.

O fotógrafo sugere que ele vá para o hospital, mas o booker se sentirá tão humilhado que só consegue pedir para sair dali imediatamente. Então, o bonitão o leva até sua casa. “Eu nem vi direito os caras, tava escuro. E não vai dar em nada mesmo. Prefiro esquecer que isso que isso aconteceu”, sugere Max.

“Eu me enganei, Rafael. Fiquei tão acostumado com esse mundinho da moda, que acabei achando que o mundo todo era assim. Seguro pra pessoas que nem eu. Mas essa noite me fez lembrar que ainda existe muito preconceito e intolerância por aí. Pior, muito ódio!”, desabafa o booker.

No estúdio do fotógrafo, Rafael cuida dos ferimentos de Max enquanto aguarda Lu buscar o amigo. Algum tempo depois, a assistente de Carolina chega na companhia de Jamaica e dá uma chamada no funcionário de Arthur.

“Max, a gente vai fazer as duas coisas. Colocar nas redes e dar queixa na delegacia, sim. Homofobia é crime. E você é muito amado, Max. Não vamos deixar isso passar em branco, né?”, opina a It Girl. A sequência vai ao ar nos próximos capítulos da trama.

Mais Notícias