Princesinha surtada

Éramos Seis: Assad escolhe genro e filha surta com novo pretendente

Julinho vai disputar Soraia com outro homem; Saiba quem

Éramos Seis: Assad escolhe genro e filha surta com novo pretendente
Soraia espanta pretendente em Éramos Seis - Reprodução/TV Glçobo

Publicado em 15/02/2020 às 09:40:00

Por: Taty Bruzzi

Em Éramos Seis, Soraia (Rayssa Bratillieri) convenceu o pai a levar Julinho (André Luiz Frambach) com eles para o Rio de Janeiro só para separar o rapaz de Lili (Triz Paris).

Longe da noiva, o filho de Lola (Gloria Pires) acabou se engraçando para o ado da filha do patrão e o que para ele era apenas diversão acabou tomando proporção maior quando a patricinha perdeu sua virgindade com o rapaz.

Acreditando que fisgou de vez o gerente da loja de tecidos, a vilãzinha irá obrigar o rapaz a terminar tudo com a filha de Genu (Kelzy Ecard) para, em seguida, abrir o jogo com Assad (Wernner Schünemann).

Nos próximos capítulos da trama, a patricinha será pega de surpresa pela chegada de um pretendente no dia em que ela está prestes a abrir o jogo sobre seu romance com o irmão de Alfredo (Nicolas Prattes). Confira!

[VEJA-TAMBEM]

Soraia joga Lili para escanteio e agarra Julinho

Desde que se mudou para o Rio de Janeiro que Julinho caiu nas garras de Soraia. A filha de Assad tanto fez que conseguiu afastar o filho de Lola de Lili, mesmo estando o rapaz noivo da moça.

Enquanto tudo não passava de uns bejinhos inocentes o funcionário do turco não cogitava a possibilidade de se separar da irmã de Lúcio (Jhona Burjack), mas a patricinha pegou pesado e transou com o rapaz.

Como ela ainda era virgem, agora irá pressioná-lo a terminar tudo com a noiva e pedir a mão da filha do patrão em namoro. Encurralado, o irmão de Alfredo acaba cedendo quando se der conta de que a pilantra não está de brincadeira.

Tudo acontece depois que Julinho desistir de viajar para São Paulo. O jovem ia contar para a mãe que se tornou gerente da loja de tecidos e acertar detalhes do casamento com Lili, mas muda de ideia depois de dormir com Soraia.

Preocupada com a falta de notícias do noivo, A filha de Virgulino (Kiko Mascarenhas) telefona para o jovem e será atendida pela rival. A enteada de Karine (Mayana Neiva) alega que o funcionário está ocupado e pede que ela aguarde a chegada de uma carta.

“O Julinho, ele pode atender?”, pergunta Lili. “Lili… não fica bem você ficar ligando a toda hora atrás do Julinho… ele está muito ocupado…”, alega Soraia. “Diga para ele então que eu liguei… que se quiser pode deixar um recado aqui no armazém com a

Durvalina [Virgína Rosa]”, diz a amiga de Isabel (Giullia Buscacio).
“Está me achando com cara de garota de recados? Espere que já, já deve receber uma cartinha”, sinaliza a filha de Assad. Lili indaga sobre o conteúdo da carta, mas a vilã corta o assunto e bate o telefone na cara da rival.

Percebendo a tristeza da mocinha, Durvalina tenta consolar Lili. “Não conseguiu falar com o Julinho, Lili?”, pergunta a cozinheira. “Não dá confiança para essa filha do Assad… Essa menina não é flor que se cheire, não”, aconselha a empregada de Afonso (Cássio Gabus Mendes).

“Ela disse que o Julinho vai me mandar uma cartinha… Estou achando essa situação muito esquisita, faz tanto tempo que não sei nada do que está acontecendo com o Julinho”, questiona a jovem enquanto escuta Durvalina lhe dizer para aguardar a chegada da tal carta.

A cena vai ao já nos próximos capítulos.

Karine garante a Soraia que Julinho está no papo

Nos próximos capítulos de Éramos Seis, Soraia escuta os conselhos de Karine e transa com Julinho. Depois de perder a virgindade, ela passa a pressionar o rapaz para terminar tudo com Lili e assumi-la para Assad.

O gerente da loja de tecidos se sente culpado pelo que aconteceu entre ele e a filha do patrão e desiste da viagem que faria a São Paulo para contar a novidade sobre a promoção que recebeu e tratar de detalhes do seu casamento.

Já a patricinha exige que o amante termine tudo com a irmã de Lúcio por carta. O filho de Lola reluta, mas ao perceber que a pilantra na está de brincadeira acaba concordando.

Insegura, Soraia mais uma vez procura por Karine em busca de conselhos e pede para a madrasta ajudá-la mais uma vez a convencer seu pai a aceitar seu romance com um pobretão.

“Julinho ficou de mandar uma carta para a comprida! Uma carta terminando o noivado! Achou melhor escrever… E se o Julinho mandou a carta, quero saber, é hora de conversar com o papai. Convencer ele a deixar a gente namorar. E quero sua ajuda nisso, Karine”, implora a patricinha.

“Ajudar a princesa a casar com o plebeu, que romântico. Mas seu pai não irá se opor, querida assim que souber que o reles funcionário se apressou com a princesa dele… Capaz de…”, sinaliza Karine.

A fala da dondoca deixa Soraia assustada. Pela primeira vez a vilãzinha ficou apreensiva com o que o pai pode fazer com Julinho quando souber que ele a desonrou, mas acaba dando um voto de confiança da madrasta. “Brincadeira, querida, dará tudo certo. Não é o que quer? O pobretão? Terá”, pontua a socialite.

A sequência vai ao ar muito em breve

Assad surpreende filha com a chegada de novo pretendente

Nos próximos capítulos de Éramos Seis, Soraia acredita que fisgou Julinho e já pode convencer seu pai a aceitar o namoro dos dois. Só que Assad tem outros planos para a filha.

A vilãzinha decide preparar o terreno para que Julinho a peça em namoro depois de o filho mais ambicioso de Lola garantir que enviou uma carta para Lili terminando o noivado com a moça.

Então, a patricinha toma as rédeas e prepara um jantar especial para oficializar a relação com a ajuda de Karine. Porém, a noite não sairá como planejada e a filha de Assad vai surtar.

Isso tudo só acontece porque o turco convida Elias (Brenno Leone), seu sócio que acabou de ficar viúvo e tem interesse em cortejar Soraia. Quando dá de cara com o coroa e entende o que está acontecendo, a pilantra não disfarça sua insatisfação.

Durante o jantar, a amante de Julinho deixa Assad constrangido. Depois que o sócio do comerciante vai embora, o marido de Karine tira satisfações com a filha e escuta poucas e boas.

“Mas que vergonha me fez passar, Soraia… recusar dessa maneira o Elias”, dirá Assad. “Foi o senhor que não me deixou opção, papai… o que eu podia falar com ele?”, questiona a moça.

“Eu penso em me casar… mas com o homem que eu escolher… e já tenho um em mente”, pontua a vilãzinha. Curioso, o turco indaga quem seria e é interrompido por uma desculpa inventada pela mulher.

“A Soraia não tem nenhum pretendente… só fala isso para você não insistir com o Elias…”, responde Karine. “Que noite desastrosa, Elias é meu sócio… destratado nessa maneira…”, lamenta o turco.

A sequência vai ao ar nos próximos capítulos.

 




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!