O que vem por aí

Segredo revelado, choque de Emília e Júlio na ambulância: As reviravoltas de Éramos Seis

Inês descobre ter sido enganada e Júlio se entrega novamente ao vício no álcool

Segredo revelado, choque de Emília e Júlio na ambulância: As reviravoltas de Éramos Seis
Júlio volta a ser hospitalizado em Éramos Seis - Reprodução/TV Globo

Publicado em 21/11/2019 às 06:30:00

Por: Taty Bruzzi

Acontecimentos vão agitar a trama de Éramos Seis. Mesmo impedido de beber, Júlio (Antônio Calloni) não consegue se livrar do vício. Ele deposita no álcool a responsabilidade de lhe fazer se sentir melhor. 

Nos próximos capítulos, o vendedor volta a beber e fará Lola (Glória Pires) passar a maior vergonha depois que Emília (Susana Vieira), chega de surpresa e presencia os dois brigando com uma garrafa de licor nas mãos.  

A tia milionária aind vai ter uma segunda decepção quando for receber a filha, que está vindo da Europa para o Brasil, e descobrir no que a moça se transformou. Já Inês (Carol Macedo) descobre que durante anos sua mãe impedido que ela tivesse notícias do pai adotivo, Afonso (Cássio Gabus Mendes) e do namorado, Carlos (Danilo Mesquita). 

E mais: Júlio tenta convencer Emília a lhe dar capital para abrir um negócio próprio. A ricaça aceita, deixando-o radiante, mas a felicidade do comerciante dura pouco. O marido da Lola passa mal e volta a ser internado. Confira! 

Júlio ignora recomendações médicas, volta a beber e passa vergonha na frente de Emília 

Apesar da proibição dos médicos, Júlio não consegue mais largar o vício no álcool. Nos próximos capítulos de Éramos Seis, ele volta a beber e será pego no flagra por Lola. Os dois discutem e acabam se desentendendo. 

Dona Lola, pelo amor de Deus! Aquele licor que fica no armário. Seu Júlio pegou a garrafa!”, grita Durvalina (Virgínia Rosa), empregada. A dona de casa se desespera e vai tentar impedir o marido que se recupera de uma cirurgia. 

“O seu filho Carlos, que é médico, disse que eu preciso me acalmar. Um licor é um ótimo calmante”, sugere Júlio. A mãe de Alfredo (Nicolas Prattes) faz de tudo para evitar uma tragédia e sugere um chá, mas os dois discutem.

“Prefiro um cálice a isso. Serve para eu esquecer como sou um fracasso. Sou uma piada”, diz o vendedor. “Larga essa garrafa, por favor! Sabe muito bem que não pode com bebida alcoólica”, ordena. 

De repente, a campainha toca, Durvalina sai para atender a porta e dá de cara com Emília. “Bom dia, minha sobrinha se encontra?”, pergunta a ricaça. Ela entra assim mesmo e vê Julio ainda de pijamas disputando a garrafa de conhaque com Lola. 

O casal se assusta com a presença da milionária e acabam deixando a garrafa cair no chão. “Vejo que cheguei em mau momento!”, exclama a visitante deixando a todos os presentes constrangidos. 

A cena vai ao ar dia 21 de novembro. 

Encontro de Emília com Adelaide deixa milionária abalada

Estudando na Europa, Adelaide (Joana de Verona) está voltando para o Brasil. O encontro da moça com a mãe, Emília, será marcado por forte emoção. A milionária nunca escondeu que a jovem é sua filha predileta.      

Na data da chegada da filha, a tia da Lola vai ao cais do porto buscar a filha. Ela está na companhia de Higino (Thiago Justino), um dos seus empregados. se, mas se desespera por não avistar a jovem em meio aos demais passageiros.    

Emília vê uma mulher muito bem vestida e acredita tratar-se de Adelaide, mas quando se aproxima percebe que se enganou. “Veja, Higino! Acho que é ela! Será? Elegante assim deve ser… Vá ver!”, ordena. Higino vai até a moça, e quando ela se vira percebe que não é Adelaide.

De repente, uma voz chama pelo seu nome. A ricaça olha e se assusta com a cena. Sua filha surge acompanhada por dois rapazes, vestindo calças compridas, bem diferente do que ela imaginou. 

“Adelaide… É você?”, indaga Emília. “Claro que sou eu, dona Emília. Não reconhece mais a sua filha? Só porque não me vê há anos… Não mudou nada, Higino também, os dois iguais”, reponde. 

“Este é o Juvenal… passamos a noite juntos, noite animada. Cumprimenta minha mãe, Juvenal, a dona Emília!”, diz Adelaide enquanto observa sua mãe completamente em choque com sua descoberta. 

A cena vai ao ar no capítulo do dia 28 de novembro

Shirley confessa segredo e pede perdão à filha 

Quando decidiu deixar o marido para viver com o pai da sua filha, Shirley (Bárbara Reis) escondeu da menina que Afonso nunca se esqueceu da enteada. Durante 10 anos, ele enviou cartas para a menina que nunca foram entregues. 

Ela fez o mesmo com a menina, não colocando no correio as mensagens que a garota mandava para o padrasto. Sua atitude fez da jovem uma pessoa amargurada, acreditando ter sido abandonada pelo pai de criação e o namoradinho, Carlos.

Arrependida pelo que fez, Shirley decide revelar a verdade para Inês. Durante uma conversa, ela lhe entrega uma carta escrita pelo estudante de medicina e a moça começa a chorar de emoção.        

“Tanto tempo, Que saudade! Carlos se tornou um rapaz lindo. Ele pede uma fotografia minha e cobra notícias... Por que abriu minha carta e demorou a me entregar, mãe? O que isso significa?”, questiona a menina. 

“Vem comigo, minha filha. Precisa saber de tudo, quem sabe vai me perdoar”, indaga Shirley. “São todas suas, suas cartas que nunca foram enviadas. Cartas de Afonso que nunca foram, entregues...”, revela.

Inês logo se dá conta de que João (Caco Ciocler) deve estar por trás disso, mas sua mãe defende o marido. “Por que fizeram isso? Por que esconder minhas cartas? Não vê como é cruel? Deixar uma criança pensar que foi esquecida pelo pai...”, chora. 

A cena vai ao ar no capítulo do dia 29 de novembro. 

Júlio faz acordo com Emília, passa mal e volta para o hospital

Em Éramos Seis, Júlio não está nada bem da saúde. Lidando há alguns anos contra uma úlcera, o comerciante chegou a ser internado, passou por uma cirurgia, voltou para casa, mas tem escondido da família que anda se sentindo mal.  

Somente Carlos sabe que o pai anda tossindo sangue, mas o estudante de medicina prometeu manter sigilo. A preocupação do comerciante é ser levado novamente para o hospital e ficar impossibilitado de trabalhar. 

A família passa por muitas dificuldades financeiras, a casa onde moram ainda não foi quitada. A última esperança de Júlio é conseguir dinheiro com Emília, a tia milionária da Lola, sua esposa.  

Então, ele ignora as dores que vem sentindo no estômago e decide procurar a parente da sua esposa. Afonso percebe que o vizinho não está bem, lhe dá uma dose do seu remédio e chama um carro de aluguel.     

Ao chegar na casa da Emília, Júlio percebe que a senhora não está de bom humor. Na verdade, ela acabou de ter uma discussão com a filha mais nova, Adelaide (Joana de Verona), que acabou de voltar da Europa. 

O pai do Alfredo se sensibiliza com a história, pois ele passa o mesmo com o filho problemático. Os dois se entendem e a tia da Lola decide escutar sua proposta. “O que há de concreto é a possibilidade de abrir uma pequena loja. Eu até já achei um ótimo ponto. Pequena, modesta, mas com um grande futuro”, diz ele.

Com detalhes do negócio, Emília dá seu aval. “Devo lhe dizer que fiquei muito bem impressionada com o que expôs. Acho que podemos fazer negócios, sim, no plural. Preciso de pessoas de confiança ao meu redor”, diz. 

“Seu cunhado, Zeca (Eduardo Sterblitch), faz um belo serviço em Itapetininga, preciso de alguém por aqui. Pode ser o senhor, o empréstimo é só o começo. Abre-se uma porta”, conclui a milionária enquanto assina um cheque.  

Júlio sai da casa de Emília radiante de felicidade. No meio do caminho, ele sente fortes dores e acaba caindo no jardim. Higino (Thiago Justino), funcionário da dona da casa, é quem o acode. Em seguida, ele é levado para o hospital em uma ambulância. 

A sequência vai ao ar no capítulo do dia 29 de novembro.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!