Afeto

Éramos Seis: Alfredo e Júlio têm conversa sincera e fazem pacto

Pai e filho prometem seguir um caminho de paz

Éramos Seis: Alfredo e Júlio têm conversa sincera e fazem pacto
Alfredo e Júlio de Éramos Seis - Foto: Divulgação/Globo

Publicado em 19/11/2019 às 19:30:08

Por: Daniel César

Alfredo (Nicolas Prattes) e Júlio (Antonio Calloni) mantinham uma relação distante, cercada de sofrimento e dor. Só que pai e filho vão entrar num acordo e finalmente terão uma cena muito emocionante nos próximos capítulos de Éramos Seis.

O marido de Lola (Glória Pires) ficará incomodado com a briga entre a esposa com o filho e resolverá tomar uma atitude para apaziguar a situação. Ele chamará Alfredo para conversar e o clima começa meio estranho, já que ambos têm forte personalidade e não conseguem se entender.

Só que Júlio iniciará o bate-papo num tom ameno e determinado a fazer com que o primogênito tenha um comportamento mais amável.

“Alfredo, eu sei que você não é um mau filho... É até amoroso e dedicado com sua mãe. Mas não quer levar a vida a sério. E isso fere”, declarará o patriarca, buscando não ficar nervoso.

O rapaz ficará surpreso com o comportamento do pai e também resolverá ter uma postura mais tranquila, principalmente por preocupação em não piorar o estado de saúde de Júlio.

“O meu medo, Alfredo, é que você fique como eu, e cave um abismo entre você e seus irmãos. Quando você perceber será tarde demais”, continuará o marido de Lola, tendo um pouco de dificuldade para falar.

Após escutar o discurso de Júlio, Alfredo dirá que vai continuar estudando e concluir o segundo ciclo. Depois que o pai terminar de falar, o primogênito decidirá colocar para fora tudo aquilo que sempre quis.

“O que magoa, pai, é a distância entre nós...”, confessará, deixando claro que não quer ter uma vida igual ao do pai, trabalhando muito, sustentando toda uma família e não sendo realizado por completo.

Alfredo e Júlio fazem pacto de paz em Éramos Seis

“Alfredo, essa doença mexeu comigo... Não quero mais ficar brigando com você. Meu pai nunca teve uma conversa dessas comigo, nunca se aproximou”, revelará Júlio, emocionado.

O homem acreditará que recebeu um presente de Deus para poder ter uma vida mais saudável e poder ter uma relação melhor com os familiares. “Posso contar com a sua ajuda?”, indagará.

“Pode, claro! Vamos fazer o seguinte: vamos tentar uma trégua”, responderá Alfredo, satisfeito com a proposta. “Uma trégua. Já é um bom começo...”, completará o marido de Lola.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!