Emoções finais

Final de A Dona do Pedaço: Evelina arruma milionário e Maria da Paz se choca com pedido de Régis

Mãe da boleira não ficará chupando o dedo no desfecho da novela

Final de A Dona do Pedaço: Evelina arruma milionário e Maria da Paz se choca com pedido de Régis
Maria da Paz não sabe o que dizer a Régis em A Dona do Pedaço - Reprodução/TV Globo

Publicado em 19/11/2019 às 06:40:00

Por: Taty Bruzzi

A Dona do Pedaço entra em sua última semana e os próximos capítulos prometem muitas emoções. A começar por Evelina (Nívea Maria) que será trocada no altar por Marlene (Suely Franco) depois que Antero (Ary Fontoura) se lembrar da professora aposentada.

Passada a humilhação, a matriarca dos Ramirez conseguirá agarrar um marido rico. Já Maria da Paz (Juliana Paes) acreditou que sua vida estava entrando nos eixos, mas foi pega surpresa por um pedido inesperado de Régis (Reynaldo Gianecchini) e ficou sem ação. Confira!

Evelina dá o bote e consegue fisgar um milionário

De casamento marcado com Antero, Evelina vai ser trocada por Marlene ainda no altar depois que o noivo se recordar dos sentimentos que nutria pela professora aposentada.

“Era você... Era você o tempo todo!”, dirá Antero. “Quem aconteceu?”, pergunta Evelina. “Não é você. Era ela... É a Marlene que dançava bem, é a Marlene que está nas minhas lembranças. Eu não vou casar com você, Evelina”, dispara o advogado.

Sem ter como se defender, a mãe da Maria da Paz volta para casa envergonhada e leva uma chamada da filha pelo que fez. “Eu nunca botei fé nesse seu casamento”, aponta o dedo.

Amadeu (Marcos Palmeira) estava por perto e também dá sua opinião sobre o papelão da sogra. “Dona Evelina, ele sempre gostou da dona Marlene”, opina o advogado.

“Eu até suspeito que você confundiu as lembranças dele. Só para dar o bote no velho”, alega Maria da Paz. “Você é minha mãe e respeito, mas sabe que tem um pinguinho da Josiane?”, alerta. “Não me ofenda! A Josiane está na cadeia!”, reage Evelina.

Nesta hora, o pai da Jô se intromete mais uma vez na conversa e aconselha a capixaba a se conformar com o que aconteceu. É aí que ela revela quais suas verdadeiras intenções.

“Não quero passar a vida encalhada. Eu arrumo um solteirão... Ou viúvo. Ainda tenho meus encantos. Mais cedo ou mais tarde, eu caso novamente”, prevê a pistoleira.

Chega o dia do casamento da Britney (Glamour Garcia) e Abel (Pedro Carvalho), que acontece na mansão da Cornélia (Betty Faria). “Olha lá a Evelina, nem cumprimentou a gente”, comenta Marlene.

“Ela tem motivos. Aliás, ela está ocupada”, diz Antero. Na verdade, a avó da Jô está de conversa com um desconhecido e joga charme para o coroa. “Os dois trabalham para minha filha que é proprietária da Bolos da Paz. E o senhor, o que faz?”, pergunta.

O desconhecido responde que trabalha com carros importados. “Já passei parte da empresa para meu filho, mas ainda estou na ativa”, diz Romeu (nome ator não divulgado).

“Que interessante! Mas eu não deveria prender o senhor aqui, sua mulher deve estar esperando”, alega. Quando descobre que ele é viúvo, a mãe da Maria da Paz abre um sorriso.

Marlene observa a cena de longe e critica a fura olho. “Já vai dar o bote. Safada!”, fala sozinha.

A cena vai ao ar na última semana da trama.

Régis faz última tentativa com Maria da Paz e leva toco

Depois de aprontar muito, perder tudo no jogo e chegar ao fundo do poço, Régis decidiu se redimir das burradas que cometeu e todos os erros que cometeu. Falido e apaixonado por Maria da Paz, ele encontra esperanças na vida religiosa.

Levado pelas mãos da Josiane, o ex-playboy passa a freqüentar cultos e se torna um daqueles crentes fervorosos. Por conta da sua nova religião, o filho da Gladys (Nathalia Timberg) larga o vício em jogo.

Ele também vende a importadora de vinhos, pois acredita ser pecado trabalhar com bebidas alcoólicas. Além disso, ele se nega a ir ao casamento do Agno (Malvino Salvador) com Leandro (Guilherme Leicam), já que não aprova a união homoafetiva.

Graças a sua dedicação à igreja, Régis vai receber um convite tentador. Prestes a sair da cadeia, Jô pretende seguir viagem até o Amazonas com um grupo de missionários e chama o ex-amante para ir com ela.

O irmão da Lyris (Deborah Evelyn) se sente tentado a ir, mas antes dá sua última cartada com Maria da Paz. A essa altura, a mãe da patricinha está grávida e divide o mesmo teto com Amadeu.

Régis aparece na porta do apartamento da boleira no meio da noite e apesar do adiantado da hora, ela concorda em recebê-lo. Enquanto isso, o advogado escuta tudo às escondidas.

“Antes que você diga qualquer coisa, quero falar de mim. Eu mudei, Maria da Paz. Eu sou outro homem. Eu descobri... Eu descobri a fé”, abre o coração, emocionado.

“Vou me dedicar a fé. Eu tenho amigos muito ricos, da época em que vivia na alta sociedade. Vou usar meus contatos, conseguir doações para obras sociais da igreja. Para as obras missionárias, também”, continua.

“Têm missionários na África, no Amazonas... Eu sei que vou conseguir doações. Para esses milionários, doar um pouco faz bem. Eu posso receber alguma coisa por esse trabalho, mas o objetivo é social”, explica.

A boleira fica em saber o que dizer, pois o ex-marido não para de tentar se explicar. Até que ela será pega de surpresa por um pedido inusitado e totalmente fora de hora.

“Maria da Paz, eu queria... Quero uma companheira para trilhar esse caminho comigo... É um caminho muito bonito. Você, Maria da Paz. Eu quero me casar com você”, solta o verbo.

“Se você deixou o jogo, resolveu se dedicar a uma cusa... Eu sempre quis que você se transformasse em um homem bom. Fico contente se eu tive um tiquinho que ver com essa transformação”, dirá Maria da Paz antes de dar um fim a relação dos dois.

“Sei que um dia vai encontrar outra pessoa, vai ser feliz. Recomeça tua vida”, conclui. “Eu acho que sou demais aqui, não é? Eu... Eu vou embora”, responde Régis com a voz embargada.

A cena vai ao ar dia 21 de novembro.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!