Shippados!

Bom Sucesso: 7 motivos para shippar Paloma e Marcos

O rapaz vem amadurecendo desde que se encantou pela mocinha de Bom Sucesso

Bom Sucesso: 7 motivos para shippar Paloma e Marcos
Paloma e Marcos sentem forte atração um pelo outro - Reprodução

Publicado em 11/10/2019 às 06:20:00

Por: Taty Bruzzi

Desde que Bom Sucesso estreou que Paloma (Grazi Massafera) tem vivido um dilema. Apaixonada durante toda uma vida por Ramon (David Junior), a costureira viu seu coração dividido depois de conhecer Marcos (Romulo Estrela).  

O encontro dos dois foi rápido e por acaso, mas deixou marcas e uma forte atração. Entretanto, a volta do pai da Alice (Bruno Inocencio) ao Brasil fez com que a heroína retomasse o romance do passado. 

Porém, ela também tem que lidar com o fantasma do presente. Depois de se tornar amiga de Alberto (Antônio Fagundes), ela aceitou o convite do dono da Prado Monteiro para trabalhar em sua casa e descobriu que ele é pai do jovem com quem ela dormiu em Búzios.  

O tempo passou, Paloma e Ramon retomaram o namoro e chegaram a ficar noivos, mas por mais que eles se amem, no fundo sabem que a relação não é a mesma de quando se conheceram, na juventude.

 A maturidade mudou a forma com a qual cada um deles encara a vida. Enquanto a mocinha precisou lutar muito para criar os três filhos sozinha, a maior preocupação do atleta foi com a carreira. 

Hoje, Paloma vive um dilema. Apostar suas fichas no frescor de um relação nova com um jovem cuca fresca, alto astral e um tanto desconhecido, ou optar pela modelo de relacionamento maduro e aparentemente seguro. 

Para ajudar a mocinha a tomar logo uma decisão, destacamos 7 motivos suficientes para shippar Marcos e Paloma e boicotar Ramon em Bom Sucesso. Confira e tire suas próprias conclusões. 

Livre de preconceitos

O Marcos é o tipo de pessoas que só de olhar você percebe se tratar de alguém descolando, antenado e completamente livre de preconceitos. Já Ramon é antiquado e um tanto quando preconceituoso. 

A prova disso é que quando Paloma recebeu um convite para trabalhar na mansão do Alberto como sua acompanhante, o jogador levou na maldade e disse com todas as letras que “acompanhante” para ele era outra coisa, se referindo às prostitutas de luxo.  

Cuca fresca

Conhece alguém mais cuca fresca que o Marcos? Para o rapaz não tem tempo fechado. Até nos momentos mais tensos ele consegue manter a serenidade e, ainda, é capaz de fazer piadas em cima dos problemas. 

Já Ramon é cabeça quente. Arruma confusão com tudo e todos, mete os pés pelas mãos e em situações de crise acaba explodindo. Foi por causa deste temperamento explosivo que se desentendeu com Paloma mais de uma vez.  

Tem o astral lá em cima

Marcos sorri para a vida assim como a vida lhe sorri. O filho mais novo do Alberto é super alto astral. Trata todo mundo bem, não é de questionar ou reclamar sobre nada e é graças a esse jeitinho que ele arranca sorrisos do pai e da irmã, Nana (Fabiula Nascimento), dois bicudos. 

Por outro lado, o Ramon é um cara sério até demais. Isso não significa que ele seja baixo astral, mas um homem sisudo e muito desconfiado. Do tipo que não acredita muito nas boas intenções de quem pertence a outra classe social, por exemplo.

 É um aventureiro

Paloma conheceu Marcos em um momento de libertação, quando ela acreditava que tinha poucos meses de vida, e acabou se entregando à forte atração, passando a noite com o rapaz até então desconhecido. 

Ele desperta nela um sentimento de aventura. Em sua companhia, a moça se permite sonhar, esquecer os problemas, e curtir o momento sem pensar no amanhã. Para alguém cheia de problemas e preocupações isso é libertador. 

Com Ramon, a relação é um pouco mais pé no chão, o que não chega a ser um defeito. Só que a própria Paloma se mostra mais contida, e a vida não precisa ser levada tão a ferro e a fogo, concorda?  

Ele não é ciumento

   

Uma das grandes diferenças entre o Marcos e o Ramon é o fato de enquanto o treinador de basquete é extremamente ciumento, o irmão da Nana quase não demonstra ciúmes. Apesar de interessado por Paloma, ele segurou bem todas as vezes me que a viu com o noivo. 

Já o pai da Alice não esconde sua ira ao ver a amada na companhia do playboy e até do pai dele. Ramon foi capaz de acusar o editor de ter interesse pela costureira e durante uma briga na quadra da escola de samba, acabou derrubando Alberto no chão, desprezando o fato do patriarca da família Prado Monteiro estar em uma cadeira de rodas. 

Não é machista

É inegável que tanto o Marcos quanto o Ramon são cavalheiros. A diferença é que enquanto o jovem é sempre educado com as mulheres, o atleta não esconde seu machismo nem mesmo na hora de proteger a mulher que está com ele. 

Ramon grita, ofende, coloca para fora sua raiva quando vê algo que não lhe agrada. Ele aceita que a Paloma trabalhe, mas jamais suportaria ter que ser sustentado por ela, por exemplo. E sempre que pode se refere a moça como minha. Minha noiva, minha mulher... 

Marcos não se preocupa nem um pouco em ter uma irmã mais velha executiva, em namorar uma atriz louca ou em se interessar por uma moça do subúrbio que trabalha como acompanhante do seu pai. Ele é livre e deseja uma mulher livre para fazer suas escolhas. 

A maturidade não o impede de sonhar

Para Paloma, um dos defeitos do Marcos é ser um eterno adolescente. Como teve uma vida diferente, precisou se abdicar dos seus sonhos, se privar dos desejos para criar os três filhos sozinha, ela não vê futuro ao lado de um cara que encara tudo como curtição.

Graças aos sentimentos pela moça e em decorrência da doença do pai, o dono do bar Peter Pan tem amadurecido. Ele voltou para a casa da família e passou a ajudar a irmã na editora. Esta mais próximos do Alberto e até fez um empréstimo para salvar a Prado Monteiro. 

Acontece que as atitudes adultas não o impedem de continuar a sonhar. Com dias prósperos, com a melhora do pai, com o amor da sua vida... Marcos sabe que de nada adianta se fechar ou sentir-se um derrotado. 

Talvez, ainda esteja cedo para Paloma se dar conta de que o rapaz está amadurecendo mais rápido do que ela imagina e, ainda, está ajudando-a a acreditar ser possível sonhar e correr em busca dos seus desejos. 


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!