Renovação

Em 10 anos, faixa das 19h é a que mais revelou novos autores na Globo

Foram mais de 10 profissionais que assinaram enredos no horário


Paulo Halm e Rosane Svertman
Autores de "Bom Sucesso" - Foto: Divulgação/Gsow

A faixa das 19h fechará a década como a que mais revelou novos autores na Globo. Dedicada a produções de comédia, foram mais de 10 profissionais que saíram de “Malhação” ou do cargo de colaboração e passou a assinar suas próprias histórias na emissora.

De acordo com levantamento feito pelo NaTelinha, a faixa das sete apresentou ao público 11 novos autores. Uns ficaram responsáveis sozinhos pelas tramas, enquanto outros resolveram formar parcerias para guiar suas histórias e personagens ao longo dos meses.

Filipe Miguez, Izabel de Oliveira, Carlos Gregório, Marcos Bernstein, Daniel Ortiz, Rosane Svartman, Paulo Halm, Maria Helena Nascimento, Claudia Souto, Daniel Adjafre e Paula Amaral foram os nomes que tiveram oportunidade no horário das sete da noite.

O horário das 18h também trouxe novos nomes nos últimos 10 anos. Foram nove profissionais revelados na faixa, como Lícia Manzo, João Ximenes Braga, Cláudia Lage, Rui Vilhena, Suzana Pires, Júlio Fisher, Thereza Falcão, Alessandro Marson e Ângela Chaves fechará o time com “Éramos Seis”.

O horário das 21h contará apenas com uma revelação na década: Manuela Dias. A autora escreveu uma minissérie, “Ligações Perigosas” (2016), e uma supersérie, “Justiça” (2016), e estreará na faixa mais nobre da Globo com a novela “Amor de Mãe”, substituindo “A Dona do Pedaço” a partir de novembro.

A renovação de roteiristas foi um dos objetivos do autor Silvio de Abreu. Na visão do diretor de dramaturgia do canal, para que a novela continue sendo o principal produto da televisão brasileira, era preciso que novos nomes fossem revelados.

Autores mais consagrados, por exemplo, estão tendo pouco espaço e até mesmo se aposentando, como é o caso de Silvio de Abreu, Walter Negrão e Benedito Ruy Barbosa.

Mais Notícias