Edição

Corte de beijo gay em "Órfãos da Terra" foi decisão unilateral e autoras tentaram reverter

Novela teve beijo gay cortado e situação repercutiu negativamente

Corte de beijo gay em
Valéria e Camila não puderam ter o beijo exibido em "Õrfãos da Terra". Foto: Divulgação

Publicado em 10/09/2019 às 04:45:21 ,
atualizado em 10/09/2019 às 08:50:15

Por: Naian Lucas

O corte do beijo gay entre Camila (Anaju Dorigon) e Valéria (Bia Arantes) em "Órfãos da Terra" foi uma decisão unilateral do departamento de dramaturgia da Globo e não passou pelo crivo das autoras Duca Rachid e Thelma Guedes, que até tentaram conseguir reverter a situação.

O relacionamento das personagens conquistou o carinho de parte do público e o pedido de noivado, que seria finalizado com o beijo, ganhou divulgação no site de celebridades do Grupo Globo, entrevistando as atrizes sobre o tema e confirmando o beijo. Para surpresa de todos, até das roteiristas, a demonstração de carinho acabou sendo rifada do capítulo da última sexta-feira (06).

Quem percebeu foi justamente os fãs que costumam assistir à novela antecipadamente pelo Globoplay. A partir da noite de quinta (05) já começaram a surgir as primeiras reclamações nas redes sociais.

Inicialmente, a Globo relatou que a decisão foi artística. Entretanto, a reação de Duca e Thelma na web deixou evidente a insatisfação com a postura da direção do Fórum de Dramaturgia.

O NaTelinha conversou com pessoas ligadas a produção de “Órfãos da Terra” e relatos indicam que as autoras ficaram chateadas com a falta do beijo que tinham escrito e recebido a aprovação do canal.  Além disso, a cena foi gravada e divulgada, gerando uma grande expectativa entre Duca e Thelma. A dupla de autoras é militante nas redes sociais em defesa aos direitos das minorias. 

Diferentemente do que foi divulgado oficialmente pela Globo, a opção por não exibir o beijo teria partido única e exclusivamente da cúpula de dramaturgia do canal. A situação ficou ainda mais delicada porque as autoras não participaram da decisão e nem conseguiram reverter a decisão, como a própria Thelma Guedes insinuou em seu perfil no Twitter.

De acordo com as fontes ouvidas pela reportagem, a decisão unilateral sem atender ao pedido das novelistas teria sido tomada porque a cúpula da dramaturgia da Globo entendeu que a inserção do beijo foi exclusivamente para "lacrar", ou seja, para fazer barulho junto a um público progressista e que o corte não ofereceria prejuízo às intenções da cena em si.

Outra versão sobre o corte foi dado pelo jornalista Leo Dias, no programa “Fofocalizando” da última segunda-feira (09). Segundo o profissional, um setor do Fórum de Dramaturgia, que fica responsável por avaliar a opinião do público sobre as novelas, identificou que o telespectador de “Órfãos da Terra” preferia que cenas de beijo gay não passassem na trama, diferente de “Bom Sucesso”.

Procurada pelo NaTelinha, a Globo não se pronunciou. Também contactadas, Duca Rachid e Thelma Guedes não responderam até a publicação desta matéria. O espaço está aberto.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!