Bombando

Intriga, traição, vilania: 5 motivos que fazem de “A Dona do Pedaço” a nova mania da TV

"A Dona do Pedaço" vem batendo recordes de audiência na Globo a cada semana

Intriga, traição, vilania: 5 motivos que fazem de “A Dona do Pedaço” a nova mania da TV
Maria da Paz eniquece vendendo bolo na rua - Reprodução/TV Globo

Publicado em 15/08/2019 às 06:11:00 ,
atualizado em 15/08/2019 às 09:42:28

Por: Taty Bruzzi

Desde sua estreia, “A Dona do Pedaço” vem ganhando popularidade. Na última semana, a trama de Walcyr Carrasco alcançou a média de 36,3 pontos em São Paulo, a melhor marca na faixa das 21 horas nos últimos 9 meses.

Com o resultado, o folhetim superou toda o “Sétimo Guardião” e empatou com “Segundo Sol”, suas antecessoras. Com picos que chegam aos 41 pontos, a novela já é considerada a nova paixão nacional. 

Destacamos 5 motivos que fazem da produção Global um grande sucesso. Confira! 

Autor popular

Assinada por Walcyr Carrasco, o autor acumula em seu currículo sucessos como “Alma Gêmea” (2005), “Chocolate com Pimenta” (2003) e “O Cravo e a Rosa” (2000), todos folhetins de época. Uma das características do escritor sempre foi apostar na comédia com direito a cenas pastelão com torta na cara. Diversificado, surpreendeu o telespectador quando levou para a TV a macrossérie “Verdades Secretas” (2015), exibida no horário das 23 horas, que relatava o sombrio mundo da prostituição por trás da moda. A produção lançou a atriz Camila Queiroz ao estrelato. Em 2017, foi a vez do suspense “O Outro Lado do Paraíso” ocupar o horário nobre da Globo e tendo Bianca Bin como protagonista. A novela discutiu a exploração das minas e a violência doméstica, entre outros assuntos.  

Mocinha sofredora

Protagonista de “A Dona do Pedaço”, Maria da Paz (Juliana Paes) é uma jovem nascida e criada no interior do Espírito Santo que se apaixona por um rapaz de uma família rival. Por causa de uma tragédia, ela é obrigada a deixar tudo para trás e se muda para São Paulo. Sozinha em uma cidade desconhecida e grande, nossa heroína começa a vender bolo na rua e faz tanto sucesso que ergue um império da confeitaria, se tornando dona da fábrica de Bolos da Paz e das principais confeitarias da cidade. 

Vilã odiada por todos

Toda boa história tem uma mocinha e uma vilã. Em “A Dona do Pedaço”, Josiane (Agatha Moreira) é a principal responsável por tudo de ruim que acontece com Maria da Paz. Para apimentar ainda mais essa história, a personagem é filha da protagonista. Então, o ódio do telespectador vem em dobro. A vilã é uma patricinha mimada que deseja roubar tudo o que é da mãe para depois lhe dar um chute. Para colocar seu plano em prática, a moça foi capaz de se juntar a um playboy falido e induzi-lo a seduzir a empresária até conseguir levá-la para o altar. Em seguida, passou a se encontrar com o padrasto enquanto armava o golpe final na mãe. 

Intrigas e traições

O que não falta em “A Dona do Pedaço” são intrigas e traições. A começar pelo romance entre Josiane e Régis (Reynaldo Gianecchini). Mesmo depois de casado com Maria da Paz, o playboy continuou indo para a cama com a enteada e confabulando contra a empresária. Por outro lado, para não levantar qualquer suspeita sobre seu caso com o padrasto, a It Girl mantém um namoro fake com Téo (Rainer Cadete), que acredita na frigidez da namorada como desculpa para não transar com o namorado. Vivi Guedes (Paolla Oliveira) começa a trama noiva de Camilo (Lee Taylor), mas conhece Chiclete (Sergio Guizé) e se envolve com o matador de aluguel contratado para assassinar a modelo. Mesmo casado, Amadeu (Marcos Palmeira), o grande amor de Maria da Paz, não resistiu ao reencontro com sua paixão do passado e foi direto para o motel com ela. Fabiana saiu do convento, deu em cima do Agno (Malvino Salvador), se envolveu com Rock (Caio Castro) e ainda se fingiu de amiga da irmã, Vivi, e do ex-noivo dela, Camilo. De tão esperta, a ex-noviça nem parece que passou anos enclausurada. De golpe em golpe, se tornou sócia da construtora Harbitex e em breve vai se tornar dona da fábrica de Bolos da Paz. 

Surras e arranca rabo

Há muito tempo que novela boa tem que ter arranca rabo e “A Dona do Pedaço” não deixa a desejar no quesito. A primeira grande cena de surra foi ao ar quando Maria da Paz descobriu que a filha, Josiane, recebeu comissão da Designer de Interiores contratada por ela para decorar a mansão nova. Sem imaginar que esta não foi a primeira vez que a patricinha roubou a mãe, a empresária recebeu a notícia como uma facada em suas costas e partiu para cima da blogueira que não teve como se defender dos tapas que levou. A ira foi tanta que a boleira chegou a segurar Josiane pelo pescoço, como se quisesse enforcá-la. A sequência teve direito a bofetadas na cara, além de tapas nos braços e pernas. Depois de tanta maldade cometidas pela vilã, engana-se quem pensa que o telespectador se sensibilizou com o choro e os gritos da menina malvada. Na verdade, o pessoal de casa não só desejou cada bofetada dada no rostinho da moça como também vibrou em vê-la chorando e completamente despenteada.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!