Cenas fortes

"Jezabel": Assassinato, apedrejamento e mortes marcam virada

Novela terá passagem de tempo de 20 anos

Em "Jezabel" capítulos antes da passagem de tempo terão mortes e assassinato

Publicado em 25/07/2019 às 20:50:32 ,
atualizado em 25/07/2019 às 21:01:58

Por: Naian Lucas

"Jezabel" terá uma passagem de tempo de vinte anos nos próximos capítulos, mas antes disso a novela da Record terá uma grande virada com direito a um assassinato e três mortes por apedrejamento. Os momentos de violência são mais uma mostra das maldades da rainha Jezabel (Lidi Lisboa).

Em cenas previstas para irem ao ar na próximo sexta-feira (26), quando Nabote (Flávio Galvão), Abner (Daniel Blanco) e Tadeu (Vitor Sparapane) serão apedrejados após condenação por traição a Acabe (André Bankoff) em mais uma armação da rainha que assistirá de camarote às mortes, inclusive a de seu ex-amante que a rejeitou.

Jezabel terá decidido se aproveitar do momento para induzir os anciãos a condenarem os três e, assim, se livrar de seus desafetos e de Tadeu, que a rejeitou mesmo ela dizendo que o segundo filho que ela teve poderia ser dele. E tudo isso acontece enquanto Acabe está deprimido, pois sabe que desobedeceu as orientações de Deus.

Enquanto isso, Joana (Camila Mayrink) finalmente perderá a paciência com Phineas (Eduardo Lago) que continua a chantageá-la por conta do desaparecimento de Samira (Laís Pinho). Num dos momentos da confusão, ela irá cravar uma faca no antigo dono da taberna e, desesperada ao vê-lo morto, irá recorrer a Sidônio (Pedro Lamin) para que ele a ajude.

Após esse mar de sangue, Acabe irá pedir perdão e se humilhar a Deus que concederá uma trégua para a nova geração, tudo pela voz de Elias (Iano Salomão) e Joana irá fugir, orientada por Sidônio, para que não seja presa e morta pelo assassinato de Phineas.

Vinte anos se passarão e Sidônio nunca mais encontrou a mulher que tanto ama, enquanto Joana segue toda suja e vira uma espécie de mendiga, sem encontrar solução para sua vida. Ela poderia viver sua história de amor com Sidônio, mas ele foi enganado por Anaid (Brenda Haddad) e Adad (João Pedro Novaes) que fizeram o homem acreditar que sua amada fugiu.

Já Acabe terá retomado o poder e decidirá voltar a entrar em guerra com a síria, dessa vez em parceria com o exército de Judá, mas tem uma condição: ele quer matar Elias.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!