Trama bíblica

"Jezabel": Samira é sequestrada e culpa pode cair em Joana

Jovem será sequestrada pelos sírios, mas Phineas usará isso contra Joana

Publicado em 24/07/2019 às 20:50:20

Por: Naian Lucas

Nos próximos capítulos de "Jezabel" a situação de Joana (Camila Mayrink) pode sofrer uma virada. Tratada como a nova dona da taberna, presente dado pela rainha Jezabel (Lidi Lisboa) ela acabará sofrendo chantagem pelas mãos de Phineas (Eduardo Lago), após sua irmã Samira (Laís Pinho) ser sequestrada.

Tudo começa no capítulo previsto para ir ao ar na próxima quinta-feira (25), quando a jovem será sequestrada pelo rei sírio Hazael (Samuel de Assis), que será ajudado por Naamã (Pedro Henrique Moutinho), enquanto estiver caminhando sozinha, o que significa que ninguém verá o que aconteceu com ela.

Pouco tempo depois, quem dará por falta de Samira será Miguel (Igor Cosso) que passará a questionar por onde anda a menina. Indo até a taberna, ele irá questionar Joana se ela sabe o paradeiro da irmã, mas a chefe do prostíbulo dirá que nada sabe. Phineas então perceberá sua oportunidade de virar o jogo.

Ele já vem sofrendo nas mãos de Joana desde que perdeu a taberna por desobediência à rainha e ainda aguenta as chantagens de sua ex-empregada que vive dizendo que, caso ele não a obedeça, contará tudo que sabe a Jezabel.

"Se você não passar a me tratar muito bem, sua situação vai ficar ruim, Joana", dirá ele surpreendendo a moça que não entenderá do que ele está falando. "Experimenta me denunciar e eu direi que você vendeu a Samira para um cliente estrangeiro. Sua própria irmã", debochará.

Joana, que tem a personalidade forte, não irá reagir de forma amigável, mas sabe que dessa vez pode estar nas mãos do seu rival. Por isso, ela tem uma crise de raiva e passa a destruir tudo que vê pela frente dentro da taberna, fazendo com que o próprio Phineas fique assustado, embora se divirta com a situação.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!