URGENTE
Susto

Polícia do Rio confunde veículo da Record com o de bandidos durante gravação de "Topíssima"

Polícia do Rio confunde veículo da Record com o de bandidos durante gravação de
Camila Rodrigues será a protagonista de "Topíssima" - Divulgação/Record

Daniel César
i

Daniel César

Daniel César é jornalista formado, pós-graduado em linguística e em roteiro de televisão, com mestrado em Literatura. Trabalha com o universo da televisão desde 2010 e já fez cursos de dramaturgia com nomes como Carlos Lombardi e Thelma Guedes.

Publicado em 23/04/2019 às 15:47:39 Atualizado em 23/04/2019 às 15:58:10

A Polícia Civil do Rio de Janeiro confundiu um veículo da Record que gravava cenas de “Topíssima” e causou pânico nos passageiros. O fato aconteceu no final da semana passada, foi noticiado primeiramente pelo jornal O Dia e também apurado pelo NaTelinha.

Segundo informações obtidas pela reportagem, um carro com produtores e câmeras da Casablanca, produtora terceirizada responsável pela dramaturgia da emissora, estava caracterizado como sendo da polícia e seguia para gravações quando foi interpelado por uma viatura de oficiais civis.

Funcionários que estavam no veículo ficaram assustados e, de mãos erguidas, gritaram que tratava-se da gravação de uma novela. Mesmo assim, levou tempo até a situação ser esclarecida, pois os policiais não acreditaram num primeiro momento.

O caso aconteceu na última quinta (18), véspera de feriado santo. O carro seguia para uma locação e passava pela Zona Oeste quando policiais civis perceberam a movimentação e julgaram tratar-se de uma falsa blitz. Diante da situação, optaram por mandar o veículo parar.

Foto: Reprodução

O susto se deu justamente por conta da tragédia ocorrida no Rio há menos de um mês, quando membros do exército fuzilaram com mais de 80 tiros um automóvel que transitava pelas ruas da cidade, sendo confundido com o de bandidos.

O NaTelinha telefonou para a produtora Casablanca no Rio de Janeiro para comentar o fato, mas ouviu a solicitação de procurar o escritório de São Paulo. Assim feito, foi dito que quem deveria falar era a produção da cidade maravilhosa. Mais uma vez, a reportagem ligou para o Rio e, ao ouvir a pauta, o produtor desligou o telefone.

Também procurada, a Record não respondeu aos contatos.

Vale lembrar que a prefeitura do Rio de Janeiro é comandada por Marcelo Crivella, sobrinho de Edir Macedo, dono da emissora. O prefeito era também, até assumir a vida pública, um dos bispos mais influentes da Igreja Universal.

Record e Casablanca estão em processo acelerado de gravações para a novela “Topíssima”, porque o planejamento é estrear a produção toda finalizada. A previsão de lançamento é para o dia 21 de maio, na faixa das 19h30.

A trama tem autoria de Christiane Fridmann, que também assina “Jezabel”, macrossérie que começa nesta terça (23).


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!