Entrevista

Autora de "Órfãos da Terra" quer escrever novela engavetada pela Globo às 21h

Duca Rachid estreou nova novela na última terça (02), mas já revela desejo futuro

Autora de
Divulgação/TV Globo

Daniel César
i

Daniel César

Daniel César é jornalista formado, pós-graduado em linguística e em roteiro de televisão, com mestrado em Literatura. Trabalha com o universo da televisão desde 2010 e já fez cursos de dramaturgia com nomes como Carlos Lombardi e Thelma Guedes.

Publicado em 05/04/2019 às 13:20:39

Autora da nova novela das 18h da Globo, "Órfãos da Terra", ao lado de Thelma Guedes, Duca Rachid não esconde o desejo de escrever uma trama para o principal horário da emissora: as 21h.

Mesmo depois da rede engavetar a sinopse apresentada pela dupla, a autora afirmou que gostaria de desenvolver o projeto e foi categórica sobre o assunto: "Não tenho dúvida do potencial dessa história".

A novelista falou ao NaTelinha sobre o desejo de desenvolver o projeto que foi entregue um ano depois de terminar “Joia Rara”, novela que rendeu o Emmy Internacional à dupla, em 2015.

“Eu, pessoalmente, gostaria muito de realizar esse projeto. Não tenho dúvidas do seu potencial”, comentou ao falar sobre a trama. Ela, no entanto, não sabe se um dia a novela será produzida e jogou a responsabilidade para a direção da Globo.

Questionada se a produção pode um dia sair da gaveta, Duca foi taxativa: “Não faço ideia. Essa é uma pergunta que só a direção artística da TV Globo pode responder”.

Vale lembrar que, após Duca e Thelma escreverem “Joia Rara”, elas foram promovidas pela Globo para a faixa das 21h. A sinopse apresentada, um thriller psicológico, chegou a ser aprovada e reservada para ir ao ar em 2017, substituindo “A Força do Querer”.

Sem maiores explicações, a história acabou engavetada e a dupla jamais escreveu para o mais importante horário da Globo, ficando cinco anos sem conseguir emplacar nenhum trabalho.

De volta à faixa que a consagrou, Duca Rachid, que é muito ativa politicamente nas redes sociais, explicou as diferenças de voltar para as 18h tanto tempo depois. Para ela, o momento é outro e a sociedade brasileira está completamente diferente.

“Com certeza o mundo e o Brasil mudaram muito durante esses anos. As questões comportamentais e sociais ganharam muito mais destaque, mesmo havendo uma reação muito forte das ideias conservadoras, não é? Mas são as leis da física - a cada ação, uma reação, e acredito que algumas conquistas não voltam atrás”, justificou.

“'Órfãos da Terra' nasce dentro desse contexto, tratando de uma questão social, econômica e política, que irá pautar esse século: o refúgio. O assunto é o pano de fundo de uma linda história de amor”, completou lembrando que a novela vai tratar de um dos temas mais espinhosos da atualidade: a imigração.

A novelista explicou ainda o tempo fora do ar. Isso aconteceu porque “Órfãos da Terra” chegou a ser cogitada para o horário das 23h, porém, acabou se mantendo às seis por conta da temática. “Pensou-se por um momento em transferi-la para o horário das 23h. Mas com isso ela perderia muito do encanto de ‘fábula da Mil e uma Noites’, que ela também tem, apesar da temática dos refugiados”, disse.

Duca Rachid e Thelma Guedes começaram a parceria em 2006 com “O Profeta”. Desde então, elas sempre escreveram para as seis da tarde: “Cama de Gato” (2009), “Cordel Encantado” (2011) e “Joia Rara” (2013).


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!