Próxima novela

Após Netflix, atores são escalados para a novela "A Dona do Pedaço"

Novela estreia em maio, substituindo "O Sétimo Guardião" na faixa das 21h da Globo

Osvaldo Mil e Cynthia Senek
Fotos: TV Globo/João Cotta
Foto do Colunista / Jornalista

Sandro Nascimento
i

Sandro Nascimento

O jornalista Sandro Nascimento assina colunas e reportagens exclusivas no NaTelinha. Também é correspondente da agência de notícias ZOOMINTV. Twitter: @SandroNascimm / E-mail: sandro@natelinha.com.br

Publicado em 01/04/2019 às 17:39:34

Tendo como seus últimos trabalhos em vídeo as séries "O Mecanismo" e "3%", produções originais da Netflix, os atores Osvaldo Mil e Cynthia Senek, respectivamente, foram escalados para a próxima novela das 21h da Globo, "A Dona do Pedaço", escrita por Walcyr Carrasco.

Na trama protagonizada por Juliana Paes e Marcos Palmeira, Osvaldo Mil será o motorista Cosme, pai de Edilene, vivida por Cynthia. Eles trabalham na mansão de Otávio (José de Abreu) e Beatriz (Natália do Vale).

Em "A Dona do Pedaço", Cosme nasceu no Espírito Santo e em busca de melhores condições de vida se mudou para a cidade de São Paulo. Ele ama sua filha e faz tudo por ela, que é ingênua, porém, esperta.

A novela de Walcyr Carrasco e com direção artística de Amora Mautner tem previsão de estreia para maio, sendo dividida em prólogo, primeira e segunda fases.

Apostando todas as fichas, a Globo escalou um grande elenco formado por atores de primeira linha na sua nova novela das 21h, que substitui "O Sétimo Guardião".

Juliana Paes, Marcos Palmeira, Fernanda Montenegro, Laura Cardoso, Paolla Oliveira, Jussara Freire, Marieta Severo, Vera Holtz, Nívea Maria, Rosamaria Murtinho, Nathalia Timberg, Betty Faria, Nathalia Dill, Caio Castro, Reynaldo Gianecchini, Marco Nanini, Antonio Calloni, Sergio Guizé e José de Abreu são alguns dos atores que serão destaque no folhetim.

Netflix

Em "O Mecanismo", Osvaldo Mil foi o personagem Luis Carlos Guilhome, apelidado de "contador capiau". Ele era um infiltrado, que não levantava desconfianças dentro do núcleo policial. A série de José Padinha estreou no ano passado pela Netflix com grande repercussão e polêmica, retratando a Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

Já a atriz Cynthia Senek fez parte da segunda temporada de "3%", em 2018. Na trama, ela foi a musicista Gloria, uma jovem que possui traumas da infância e tinha como melhores amigos uma transsexual e um paraplégico. "3%" conta a história de um futuro onde a população, ao completar 20 anos, enfrenta um processo seletivo para migrar para o lado da elite. Mas apenas 3% tinham essa chance.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!