Reportar erro
Vidas passadas

História de amores e dores que atravessa o tempo; Globo estreia "Espelho da Vida"

"Espelho da Vida" é a nova novela das seis da Globo

Vitória Strada e João Vicente de Castro posam como protagonistas de "Espelho da Vida"
Fotos: Divulgação/TV Globo
Thiago Forato

Publicado em 25/09/2018 às 07:00:00

Partindo para sua quinta novela solo desde 2007, Elizabeth Jhin verá mais uma trama com temática de vidas passadas estrear na Globo: "Espelho da Vida".

O déjá vu, aquela sensação de ter já vivido algum momento antes é que sera o pontapé inicial da história de Cris Valência (Vitória Strada) ao pisar pela primeira vez na cidade fictícia de Rosa Branca, em Minas Gerais.

Cris chegará e interpretará Julia Castelo em um filme feito por Alain Dutra (João Vicente de Castro) na trama. Ela chegará a viajar no tempo e se deparar com uma de suas vidas passadas, no início da década de 1930.

Numa história recheada de amor e mistério que ultrapassa as barreiras do tempo, Alain busca crescer na carreira de diretor de TV e cinema no Rio de Janeiro. Ele acaba de recebe um prêmio por seu último curta-metragem e quer fazer um filme de comédia para atrair o público. Feliz no campo pessoal e profissional, namora Cris, mas é mais retraído ao falar de si mesmo.

Já Cris, sua namorada, mora no Rio, é atriz de teatro e acredita nas pessoas, priorizando o amor, e também está muito feliz com Alain, sendo sua maior incentivadora.

Reviravolta

História de amores e dores que atravessa o tempo; Globo estreia \"Espelho da Vida\"

Em meio a um evento onde ganha um prêmio, recebe a ligação da casa do avô Vicente (Reginaldo Faria), que está muito doente. É Margot (Irene Ravache) quem dará a notícia e pedirá para que ele se encontre com o avô pela última vez.

O déjà vú de Cris será imediato quando pisar na cidade para acompanhar o namorado. Alain terá um reencontro emocionante com o avô: ele deixará um testamento e dinheiro para a realização de um filme baseado num assassinato ocorrido 80 anos antes num crime passional.

Amores passados

Alain teve Isabel (Alinne Moraes) como namorada e estavam até de casamento marcado, mas ela se encanta por Felipe (Patrick Sampaio), primo e melhor amigo do cineasta. A revolta será enorme, fazendo com que ele saia da cidade.

Felipe morre vítima de um aneurisma cerebral e Alain passa a sentir culpado.

Julia Castelo: protagonista que viveu e morreu

O enterro de Vicente será o ponto de partida para que os caminhos de Julia e Cris se cruzem. Antes mesmo de saber que se trata da história da jovem que Vicente (Reginaldo Faria) sugere para Alain (João Vicente de Castro) filmar, Cris é abordada por um senhor (Emiliano Queiroz) no cemitério e ele a chama por Julia. Ele entrega um camafeu com uma foto irreconhecível, onde se lê, no verso, o nome de Julia Castelo. Sem entender muito a situação, mas com uma sensação que a deixa confusa e curiosa, Cris tenta devolver a peça, mas o senhor já saiu de seu alcance.

Margot (Irene Ravache) fica impressionada ao ver que a joia era de Julia Castelo e decide mostrar o diário interrompido de Julia para Cris. Ele será o ponto de partida para o roteiro do filme de Alain. Cris folheia impressionada as páginas amareladas que começam contando sobre o dia em que Julia conheceu seu grande amor, Danilo Breton (Rafael Cardoso). O que se sabe na cidade sobre o assassinato da jovem é que ela morreu com um tiro no coração, disparado por ele.

Filme movimenta a cidade

História de amores e dores que atravessa o tempo; Globo estreia \"Espelho da Vida\"

Embora a protagonista seja Cris, Mariane (Kéfera Buchmann) não irá engolir essa história. Influente nas redes sociais, não concordará com a escolha da mocinha para o papel principal.

Mariane será a melhor amiga da protagonista fará de tudo para conseguir o papel que quer, armando inúmeras situações para separar Cris de Alain com a ajuda de Josi (Thati Lopes) figurinista do filme.

Outro nome famoso do elenco é Mauro César (Romulo Arantes Neto), que vai dar vida a Gustavo Bruno. Galã de novelas, arrasta multidões de fãs por onde passa. Ele e Mariane adoram aparecer em colunas e redes sociais e, para aumentar a exposição de ambos, resolvem criar um romance fake. Mas a aproximação acaba fazendo com que os dois se envolvam de verdade.

E o elenco ainda conta com os veteranos Solange (Luciana Vendramini) e Emiliano (Evandro Mesquita). Os dois interpretam os pais de Julia Castelo, Piedade e Eugênio. Fora das câmeras eles vivem às turras, pois não se suportam. Foram um casal no passado e algo aconteceu nesse relacionamento para que hoje se detestem. Outra atriz experiente que Alain convidou para compor seu time é Carmo (Vera Fischer). Ela tem muitos trabalhos no currículo, mas está um pouco afastada da televisão e do cinema, pois acredita que com a idade não ganha mais papeis relevantes. Apesar de não ser mais tão concorrida, mantém os ares de grande diva com milhares de exigências ao chegar em Rosa Branca, mas é uma mulher com um ótimo coração. Carmo será Hildegard Breton, a mãe de Danilo.

Pano de fundo

Pedro Vasconcelos, diretor artístico da novela, ao pesquisar locações em Minas Gerais, encontrou exatamente o que a autora descrevia no texto e decidiu iniciar por lá os trabalhos de ‘Espelho da Vida’. A novela começou a ser gravada no dia 19 de junho e os trabalhos envolveram cerca de 100 profissionais e mais de 20 atores. "Gravamos nas cidades de Mariana, Tiradentes, Ouro Preto e Carrancas e fiquei muito feliz com as locações, tanto que optei por não ter uma cidade cenográfica nos Estúdios Globo, mas, ao longo da novela, voltaremos de tempos em tempos para novas cenas", conta Pedro.

Figurino

A história terá três camadas diferentes: 2018, 1932, e o filme contando a a trama da década 1930. "Foi importante criar três estéticas diferentes para que o espectador identifique imediatamente onde os personagens estão: atualidade, época ou filme", conta a figurinista Júlia Ayres.

Autora

Elizabeth Jhin define sua novela como uma história de amores e dores que atravessa o tempo, mas sem abandonar o humor e a leveza, acreditando que o tema possa trazer esperança. "Sempre li muito sobre o tema de vidas passadas, viagem no tempo e, para essa novela, assisti também a muitos filmes que abordam o assunto. Acho que a maioria das pessoas gostaria de brincar com a ideia de voltar ao passado para poder mudar alguma coisa", disse.

Para mostrar os bastidores deu um file é um os diferenciais e mira mistério como um dos trunfos: "A cada viagem de Cris ao passado ela faz uma nova descoberta que liga sua vida anterior, como Julia, à sua vida como Cris. Ela vai descobrindo que pessoas que fazem parte de seu cotidiano já estavam em sua história há muito tempo, o que pode impactar sua maneira de ver as coisas e as pessoas que a cercam na atualidade. Tudo acontece porque ela deseja desvendar o mistério sobre quem realmente matou Julia Castelo. E essa descoberta vai impactar fortemente a trama".

Mais Notícias