Segundo Sol

O mistério envolvendo a morte de Remy ainda divide opiniões

Divulgação/ TV Globo
Divulgação/ TV Globo

Publicado em 21/09/2018 às 05:23:59 ,
atualizado em 21/09/2018 às 09:22:28

Por: Diego Falcão

Além de ‘Quem matou Remy’, o público de "Segundo Sol" tem outra teoria em relação ao personagem de Vladimir Brichta: ‘Será que Remy está morto?’.

Em entrevista ao "Vídeo Show", o próprio ator lança a dúvida. “Parece que Remy morreu mesmo, né? Será que está morto mesmo? Pois é, não sei. Um velório, mas novela tudo é possível. Pelo menos um flashbackzinho de repente acho que vou acabar gravando", despistou, colocando lenha na fogueira sobre a discussão.

Nos bastidores da novela escrita por João Emanuel Carneiro, o próprio elenco divide opiniões. Brincalhão, Danilo Mesquita, que interpreta Valentim na trama, chegou a comentar sobre um ‘bolão’ entre os atores. “Isso rola bolão no elenco... Não, bolão é brincadeira, mas é uma coisa que a gente conversa. A gente fica 'e aí, tá de férias ou não tá?'. A gente também não sabe”, diverte-se Danilo, que tem sua teoria sobre o desfecho do personagem. “Eu queria, eu acho que ele vai voltar com um champanhe na mão”, brincou.

Já Giovanna Antonelli acha que o cunhado de Luzia está realmente morto. “Eu acho que foi Groa (André Dias). Ele é um lobo solitário, muito quietinho. Uma das minhas teorias da conspiração é a seguinte: O Groa, pra defender a Luzia do Remy, foi fazer parceria com o Galdino (Narcival Rubens), só que aconteceu a morte toda e em alguma hora eles não conseguiram tirar a Luzia dali, porque ela apagou e não deu tempo. Ela ficou ali por acaso”, diverte-se a atriz nos bastidores da novela.

Outros personagem voltaram do além

O público também está dividido e acha um ‘absurdo’ Remy estar vivo já que apareceu morto no caixão e teve até o sepultamento na novela parecendo claro a morte do personagem. Porém, vários autores já ressuscitaram personagens nas novelas.

Relembre alguns:

O próprio João Emanuel Carneiro já usou desse recurso em uma de suas novelas. Em "A Regra do Jogo", Alexandre Nero teve uma falsa morte na pele de Romero. O suspense durou somente quatro dias. Na ocasião, o telespectador chegou a ver o ex-vereador supostamente morrer de forma cruel. Ele gritava e implorava para Toia (Vanessa Giacomo) não o matar queimado. A morena risca o fósforo e incendeia a casa onde foi mantida presa pelo homem. O plano para assassinar Romero foi arquitetado por Atena (Giovanna Antonelli), mas o autor João Emanuel Carneiro induziu o público a acreditar que a loira realmente quisesse assassinar o amante.

Em "Império", José Alfredo (Alexandre Nero) planejou a própria morte. Ele tomou uma substância preparada por um curandeiro e ‘morreu’ na frente da família toda presente. A falsa morte teve direito a enterro com o personagem dentro do caixão. Já no túmulo, José Alfredo despertou e ficou ansioso para ser resgatado por seu fiel escudeiro Josué (Roberto Birindelli). Quem quase estragou o plano foi Cora (Drica Moraes). Ao fim do sepultamento, ela ouve os coveiros comentando que a família pediu que a tampa do túmulo fosse lacrada só no dia seguinte. A vilã então vai pro cemitério para dar o último adeus ao amado. Sorte que ela acaba dormindo entre os túmulos sem ver o resgate do Imperador.

Em 2009, em "Caminho das Índias", Raul, personagem de Alexandre Borges, também forjou a própria morte. Para enganar a família e fugir para Dubai com Yvone (Letícia Sabatella), Raul consegue enganar a família inteira, que chega a ver o corpo do empresário. O personagem chega a aparecer em um caixão. Só no caminho para seguir para o velório é que ele deixa o caixão, que acaba seguindo sem o corpo para o cemitério.

Você acha que Remy morreu?



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!