Reportar erro
Show dos Famosos

"Se tem duas pessoas que preciso agradecer, são Glória Perez e Faustão", diz Tiago Abravanel

Tiago Abravanel tem emocionado o público no "Show dos Famosos"

tiagoabravanelshowdosfamoso_882b1e6b06ca94def2db0c104166ccf8e109d106.jpeg
Fotos: Divulgação/Reprodução/TV Globo
Thiago Forato

Publicado em 05/05/2018 às 08:00:00

Tiago Abravanel voltou ao palco do "Domingão do Faustão" na segunda temporada do "Show dos Famosos".

No último domingo (29), levou o público ao delírio ao encarnar o cantor Elton John. "É um cara que admiro muito pela representatividade", diz Tiago em entrevista ao NaTelinha.

Para o multifacetado artista, o "Show dos Famosos" traz a complexidade de muitas variáveis que compõem o julgamento e compara com a "Dança dos Famosos", que participou em 2013: "É um desafio gigantesco também".

Questionado se seu avô, Silvio Santos, já o viu no "Show", responde: "Acho que ele assistiu, mas ainda não tive a oportunidade de falar com ele".

Confira a entrevista na íntegra:

Como é voltar ao palco do "Domingão", dessa vez no "Show dos Famosos"?

É sempre muito bom estar no palco do ‘Domingão do Faustão’. O Fausto sempre foi uma pessoa que me deu oportunidades incríveis e que sempre me tratou com muito carinho. Eu falo até hoje que, se tem duas pessoas na Globo as quais eu preciso agradecer, são a Gloria Perez e o Faustão, porque me deram oportunidades de crescimento e expansão artística inigualáveis. Sou muito grato. Então, estar de novo no palco do ‘Domingão’ é muito bom e especial.

Entre a dança e o show, claro que os dois são um grande aprendizados, mas qual a principal diferença e semelhança nesses dois quadros?

O ‘Show dos Famosos’ e o ‘Dança dos Famosos’ são competições e trazem novas apresentações a cada semana. Mas acho que o ‘Show dos Famosos’ traz a complexidade de que muitas variáveis compõem o julgamento dessa competição, como a caracterização e o figurino, por exemplo, além da performance. No ‘Dança dos Famosos’, apesar de também haver uma produção para estarmos ali no palco e apesar de cada semana trazer um ritmo diferente, o que é um desafio gigantesco também, a dança é o quesito mais analisado.

Como foi interpretar Elton John no palco? Fale um pouco mais sobre a caracterização e o que você fez para encarnar o cantor.

\"Se tem duas pessoas que preciso agradecer, são Glória Perez e Faustão\", diz Tiago Abravanel

O Elton John é um cara que eu admiro muito pela representatividade na música e socialmente. Pessoalmente falando, é ainda um cara no qual eu me vejo muitas vezes pela maneira de se expressar nas roupas e pelo envolvimento com o universo da Disney, que eu amo, por exemplo. Por isso eu escolhi uma música de "O Rei Leão" para cantar no ‘Show dos Famosos’, que é um dos meus desenhos favoritos. Eu já tive a oportunidade de viver experiências com O Rei Leão na minha infância, nos cursos de teatro musical. Vocalmente falando, acho que eu e o Elton John temos coisas muito parecidas nas nossas vozes, apesar dele ter mais corpo na voz do que eu. Acho que eu tenho mais metal do que ele na voz, não sei se é fácil de explicar isso, mas eu tentei chegar o mais próximo possível, ele tem aquela coisa meio country de ser. É uma voz que eu adoro. Sobre a caracterização, eu bato palmas para toda a equipe de Caracterização, Figurino, todos que fizeram a maquiagem, a peruca, todos os detalhes. É impressionante como o trabalho é detalhista. A gente faz alguns testes para chegar naquele resultado. São muitas pessoas observando e pensando em cada sombreado, em cada detalhe da prótese, a coloração. Enfim: é muita coisa para a gente conseguir chegar ali naqueles minutos de apresentação no palco e dar a impressão de que o público está vendo outro artista e não a gente. É um trabalho de muita gente e são muitos feras trabalhando.

O quão longe dá pra chegar nessa competição?

Diferentemente do ‘Dança dos Famosos’, o ‘Show dos Famosos’ não tem eliminação a cada semana. A nossa responsabilidade é fazer o nosso melhor a cada apresentação. Neste sentido, todos podem chegar bem perto do final da competição, e acho que cada um tem o seu jeito e sua estratégia para saber como se superar na disputa. São muitas estratégias e muitas possibilidades para se destacar – pensando no estilo musical, na performance como um todo, no quanto as pessoas conhecem determinada música, enfim. O público pode esperar muita coisa ainda, porque temos muita coisa pela frente até o final da competição.

\"Se tem duas pessoas que preciso agradecer, são Glória Perez e Faustão\", diz Tiago Abravanel

Teu avô já te assistiu no quadro? O que ele vem achando de seu desempenho?

Acho que ele assistiu, mas ainda não tive a oportunidade de falar com ele. Tenho falado com as minhas tias e elas têm dado um feedback muito bacana, porque elas me acompanham, já me viram no teatro, me veem na televisão. Tenho tido uma repercussão muito bacana, não só da minha família, mas do público, em geral. Estou amando fazer parte desse quadro. E estou fazendo teatro ao mesmo tempo, interpretando o Sebastião no musical “A Pequena Sereia”, então existe o exercício de “ligar uma chavinha e desligar a outra”. Estou passando por uma fase de muito trabalho, mas estou muito, muito, muito feliz!