Reportar erro
Fissura

Na busca por novos assinantes, Netflix contrai mais US$ 1,6 bilhão em dívidas

Netflix tenta seduzir o cliente com cada vez mais produtos originais

netflix2017_6e2af58d2afd575216c8da308542f6edf4aca9d2.jpeg
Divulgação
Thiago Forato

Publicado em 23/10/2017 às 13:32:37

O céu é o limite. Com mais de 100 milhões de assinantes no mundo todo, a Netflix anunciou nesta segunda-feira (23) que contraiu mais US$ 1,6 bilhão em dívidas para financiar seus investimentos.

O anúncio oficial da empresa disse que "pretende usar o dinheiro líquido para fins corporativos gerais, que podem incluir aquisições de conteúdo, produção e desenvolvimento, investimentos de capital, capital de giro e aquisições potenciais, além de transações estratégicas".

Os executivos preveem gastar entre US$ 7 bilhões e US$ 8 bilhões em 2018 em títulos de filmes e TV. A Netflix pretende lançar 80 filmes no ano que vem.

A dívida não é novidade no mundo chamado Netflix, cujas ações apresentaram ganhos meteóricos, apesar da empresa operar no vermelho devido às suas apostas.

Recentemente, a Netflix negou que suas dívidas chegassem a US$ 20 bilhões, num artigo publicado pelo LA Times. Ela informou que possui US$ 4,89 bilhões de dívidas.

TAGS: