Reportar erro
Piratas cibernéticos

HBO confirma ataque hacker e inicia investigações

Canal premium HBO foi vítima de ataques online

hbologo_d4ad1d39deb1983d5930c15d74b7aaad10f95103.jpeg
Divulgação
Thiago Forato

Publicado em 31/07/2017 às 14:54:35

O canal HBO confirma que experimentou um ataque cibernético que resultou no roubo de informações.

Em um comunicado, o canal premium disse: "Começamos imediatamente a investigar o incidente e estamos trabalhando com empresas de segurança pública e fora da segurança cibernética. A proteção de dados é uma prioridade máxima na HBO e levamos a sério nossa responsabilidade de proteger os dados que possuímos".

A HBO não comenta o conteúdo que poderia ter sido roubado. Nesta manhã, um e-mail interno enviado pelo presidente e CEO, Richard Plepler, alertou os funcionários.

"Queridos colegas,

Como a maioria de vocês provavelmente já ouviu até agora, houve um incidente cibernético dirigido à empresa que resultou em algumas informações de propriedade roubadas, incluindo algumas de nossa programação. Qualquer intrusão desta natureza é obviamente perturbadora e inquietante para todos nós.

Posso assegurar que a tecnologia juntamente com especialistas externos, estão trabalhando 24 horas por dia para proteger nosso interesses. É um exemplo do trabalho de excelência da HBO. O problema que encontramos é muito familiar nos dias de hoje.

No entanto, não tenho dúvidas de que vamos navegar pelo caminho com sucesso.

Richard".

Esta não é a primeira vez que a HBO foi vítima de hackers. Os primeiros quatro episódios da quinta temporada de "Game of Thrones" vazaram pouco antes de sua estreia em 2015. Netflix e a rede ABC, do conglomerado Disney, também foram atacados.

Um hacker chamado "The Dark Overlord" postou o primeiro episódio da quinta temporada de "The Orange is The New Black" em abril, quando a Netflix se recusou a pagar o resgate. A ABC também foi alvo quando oito episódios do programa "Steve Harvey" foram lançados antes.

Um grupo alega ter roubado uma cópia digital de "Piratas do Caribe" da Disney e ameaçou colocar no ar. O FBI investigou e o presidente da Disney, Bob Iger, acreditava que a ameaça se tratou de um engano.

Um grande ataque à Sony em 2014 é o mais impactante, quando milhares de e-mails e informações confidenciais, incluindo informações de pagamento de seus principais executivos, vazaram.

TAGS: