Reportar erro
Caso de 2009

Bruno de Luca é condenado a pagar R$ 15 mil por agressão

Decisão da Câmara foi unânime em condenar Bruno de Luca

bruno-de-luca_28de69d3e59b7f2a721c2e3e8524884ccf5de537.jpeg
Divulgação
Redação NT

Publicado em 11/07/2017 às 14:03:25

O ator e apresentador Bruno de Luca foi condenado pela 1ª Câmara Civil do Tribunal de Justiça de Santa Catarina a pagar R$ 15 mil por danos morais a um funcionário de um hotel em Florianópolis.

O caso ocorreu em 2009, mas a decisão só saiu na última sexta-feira (7).

De acordo com relatório, no dia 11 de setembro de 2009, Bruno chegou ao Hotel Majestic na Avenida Beira-Mar Norte, por volta das 5h, com alguns amigos.

Os hóspedes, incomodados com os barulhos vindos do quarto onde estavam, ligaram para a recepção reclamando. Houve um pedido para que o apresentador abaixasse o volume, mas não adiantou.

Segundo a publicação, várias pessoas se aglomeraram na recepção, e testemunhas disseram que Bruno de Luca chamou o recepcionista de "favelado" e "vagabundo".

O ator culpou o funcionário pela balbúrdia, dizendo que ele invadiu seu apartamento sem autorização. As agressões não foram recíprocas.

Os fatos fizeram com que a decisão da Câmara fosse unânime.

Mais Notícias