Reportar erro
Notícias

Roteiristas de Hollywood ameaçam entrar em greve após dez anos

grevehollywood4.jpg
Foto: Divulgação
Taty Bruzzi

Publicado em 27/03/2017 às 20:31:35

Há dez anos, a greve entre roteiristas de Hollywood comprometeu a produção de vários filmes e séries na época, provocando um prejuízo de US$ 500 milhões. Hoje, as chances de o pesadelo se repetir são grandes. É o que adianta o “Deadline”. 
 
De acordo com a publicação, as negociações entre o Sindicato dos Roteiristas e a Aliança de Produtores de Filmes e Televisão (WGA e AMPTP) não estão avançando conforme esperado, podendo acarretar em uma possível paralisação. 
 
Segundo informações, o  Sindicato dos Roteiristas (WGA) já teria solicitado autorização para que seus 12 mil membros entrem em greve. O motivo seria possível redução dos planos de saúde nos próximos anos. 
 
Contrato pode não ser renovado
 
As negociações para o novo contrato começaram dia 13 de março e o prazo máximo para um acordo é de 1º de maio. Se por um acaso os direitos dos roteiristas sofram redução, são grandes as chances de o contrato não ser renovado. 
 
O quadro gera medo de uma nova greve estourar. Afinal, a paralisação de 2007 provocou muitos estragos na indústria cinematográfica e televisiva. Na ocasião, a greve durou 100 dias e envolveu mais de 12 mil roteiristas. 
 
O resultado gerou interrupções em séries como “Supernatural”, “Heroes”, “Lost”, “30 Rock”, “Gossip Girls” e “Prison Break”, além do cancelamento dos filmes “Liga da Justiça” e “George Miller”.