Reportar erro
Notícias

Na equipe há 13 anos, diretor Alan Rapp deixa o "Pânico na Band"

alanrapp.jpg
Alan Rapp tem mais de uma década de "Pânico"
Redação NT

Publicado em 19/12/2016 às 11:54:58

Fazendo parte da equipe do "Pânico" desde 2004, onde foi produtor e era diretor desde 2008, sendo um dos principais responsáveis por fazer a atração chegar ao primeiro lugar no Ibope, Alan Rapp anunciou na madrugada desta segunda-feira (19) que está deixando o humorístico.
 
Em seu Instagram oficial, ele disse que a edição deste domingo (18), que fechou a temporada 2016, foi a sua última, mas não comentou qual seria algum possível destino profissional: "Muito Obrigado a todos pelo apoio e parceria, foram 652 Programas em que eu tive a honra de poder fazer parte do grande sucesso do 'Pânico', foram quase 13 anos de muita luta, muito trabalho, muitas alegrias, momentos de tristeza também, mas acima de tudo muita Paixão e muito Orgulho do resultado obtido!".
 
Ele também homenageou os outros profissionais do "Pânico" e disse que todos são guerreiros: "Todos que fazem parte do 'Pânico' são guerreiros, só quem já fez parte desse time pode explicar!! Muito OBRIGADO a todos vocês que me aguentaram desde 02-03-2004. Vocês são heróis e podem ter certeza que serão inesquecíveis".
 
 
Alan deixa o programa fazendo história, mas em baixa. Chegou como produtor quando o "Pânico" tinha seis meses no ar, vindo de passagem pela Band. Foi produtor do quadro "Sandálias da Humildade" e ficou conhecido pelos fãs do programa por sempre aparecer em algumas matérias como "Alan, o produtor" em locução feita por Emílio Surita de forma engraçada.
 
Com a saída de Ricardo de Barros em 2008, Alan assumiu a direção geral e ajudou a formatar o auge do programa, em 2009, quando ele atingiu picos de 18 pontos no Ibope na Grande São Paulo na RedeTV!, com quadros como "Amaury Dumbo", "Pânico Delivery" e o achado Zina, além de dar espaço para realities fakes, como "Big Biba Brasil".
 
Ele também tinha um grande prestígio juntamente ao dono do programa, Tutinha, dono da Jovem Pan, por justamente ter ajudado fortemente o programa a virar uma grande marca e campeã de audiência
 
Porém, há pelo menos dois anos, Alan é questionado pelos críticos e fãs do "Pânico". São três os possíveis principais motivos de sua saída. O primeiro deles é o desgaste com a equipe. Em 2015, ele chegou a humilhar integrantes e teve que pedir desculpas para os seus comandados. Neste ano, foi o principal pivô da saída de Edu Sterblich, um dos grandes humoristas do programa. Edu disse que só ficaria se ele saísse.
 
Por fim, o "Pânico" tem tido seu conteúdo questionado por fãs e crítica, que se baseiam principalmente na queda de audiência da atração. O programa marca médias de 5 pontos no Ibope, bom para os padrões da Band, mas ganhou apenas dois confrontos diretos com o "Encrenca", da RedeTV!, este ano. O humorístico chegou a atrasar seu início para fugir do confronto com seu concorrente, começando bem mais próximo das 22h em alguns dias.
 
O "Pânico" ainda não anunciou quem ficará no seu lugar. O programa entrou de férias e volta em fevereiro, mas neste período deixará conteúdo inédito gravado sendo exibido.