Globo renova todas as cotas de patrocínio da Fórmula 1 para 2017

Divulgação

Publicado em 19/11/2016 às 09:02:49

Por: Sem autor

A Globo confirmou nesta sexta-feira (18) que renovou todas as seis cotas de patrocínio para as transmissões ao vivo de corridas da Fórmula 1 para o ano de 2017. 
 
Ao jornal publicitário Meio & Mensagem, a emissora disse que manterá suas parceiras comerciais, que aceitaram pagar pelo valor proposto. Cervejaria Petropolis, Renault, Santander, Tim, Zap Imóveis e Unilever continuarão expondo suas marcas. 
 
Cada empresa pagará R$ 87,2 milhões segundo o preço de tabela, praticamente 10% acima do preço de R$ 79,8 milhões cobrado para a temporada deste ano. No total, são mais de meio bilhão de reais apenas com cotas: R$ 523 milhões. 
 
Bem como o futebol, conforme o NaTelinha noticiou anteriormente, a Globo deu um aumento acima da inflação do ano para quem quer anunciar na Fórmula 1, o que de início assustou as empresas, mas todas mantiveram o investimento. 
 
Anunciar na Fórmula 1, mesmo com a audiência não sendo mais a de outrora, é um ótimo negócio pelo perfil de público. Quase 20% de quem assiste à F1 na Globo é da classe AB, algo raro se considerarmos que é o público mais rico do país, e que tem acesso a outros luxos.
 
Por isso, anunciar é se mostrar para estas pessoas, que podem e têm dinheiro para comprar e usar as marcas expostas. É por atingir esta fatia de público, inclusive, que para muitos, a Globo não desiste da categoria na TV aberta.
 


COMENTÁRIOS