Notícias

"Fala que eu te escuto", da Record, surpreende e cria bloco de notícias

No ar desde 1999, programa produzido pela Igreja Universal vem buscando inovações


falaqueeuteescuto-grande.jpg
Bispo Clodomir Santos é um dos apresentadores do "Fala que eu te escuto" - Reprodução

No ar desde 1999, o "Fala que eu te escuto" sempre se caracterizou por ser um programa que aborda polêmicas e assuntos que façam com que o fiel da Igreja Universal ou a sociedade participem ao vivo por telefone e Skype.

Algumas vezes, isso rende trotes ou intervenções que o pastor não gostaria. Mas nesta terça-feira (17), algo diferente surgiu no programa religioso exibido nas madrugadas da Record.

A atração criou, primeiramente, um momento de previsão do tempo, que já está no ar há pelo menos cinco meses, para informar seus fiéis sobre se choverá ou se ficará sol em várias partes do Brasil.

Agora, possui cerca de 30% de sua duração com conteúdo jornalístico. É que foi lançado um bloco de notícias factuais dentro do programa, que reprisa algumas reportagens do "Jornal da Record", no ar horas antes, e VTs próprios, feitos por repórteres da Igreja Universal.

As notícias são dadas em tom normal, como se realmente um telejornal de bancada em horário nobre estivesse sendo feito, e não um formato religioso.

Mesmo assim, no primeiro momento, a audiência não foi despertada: nesta terça, o "Fala Que Eu Te Escuto" marcou 2 pontos na Grande São Paulo, média habitual que tem todos os dias.