Reportar erro
Notícias

Maior canal jornalístico do Oriente, Al Jazeera demitirá 500 funcionários

A rede conta com mais de quatro mil trabalhadores em 70 países

0f65101704c6af4d4bbb77e9698bd9e0.jpg
Emissora é referência no mundo todo - Divulgação
Redação NT

Publicado em 28/03/2016 às 19:48:00

Maior emissora de notícias do oriente, tendo sede em Doha, no Catar, a Al Jazeera anunciou neste domingo (27) que demitirá 500 funcionários em todo o mundo.
 
Atualmente, a rede conta com mais de quatro mil trabalhadores em mais de 70 países. Em nota enviada para a imprensa, o diretor-geral interino da companhia, Mostefa Souag, explicou que as demissões integram uma "iniciativa de otimização do trabalho", o que permitirá ao canal evoluir em sua operação de negócios para manter sua posição de liderança.
 
Souag destacou que a decisão foi "difícil", mas afirmou que espera ter escolhido "o caminho certo para assegurar a competitividade e o longo alcance da emissora". O corte também se soma ao fechamento da emissora nos Estados Unidos.
 
À agência de notícias AFP, um funcionário da Al Jazeera informou que as primeiras demissões devem ser feitas na próxima semana e que a grande parte dos cortes não afetam os jornalistas.
 
Atualmente, a Al Jazeera tem apenas um escritório na cidade de São Paulo no Brasil. O canal sempre teve planos de lançar uma versão brasileira, mas o projeto está engavetado há alguns anos.
TAGS: