Reportar erro
Notícias

Ator e roteirista do "Zorra" estreiam peça musical no Rio de Janeiro

50tonsdeloucura-pecamusical (1).jpg
Anselmo Vasconcellos e Laura Proença estrelam o musical - Fotos: Divulgação
Fabrício Falcheti

Publicado em 17/03/2016 às 21:41:00

Ator do "Zorra", da Globo, Anselmo Vasconcellos estreia nesta sexta-feira (18), ao lado de Laura Proença, a comédia "50 Tons de Loucura", na Sala Baden Powell, no Rio de Janeiro.

No palco, Laura Proença e Anselmo Vasconcellos misturam humor, emoção, romantismo, improviso, criatividade, interatividade e muita música. Entre os sucessos estão canções de Raul Seixas (“Maluco beleza” e “Metamorfose ambulante”), Silvio Brito (Tá todo mundo louco”), e outros artistas. As músicas de Raul foram especialmente cedidas para o espetáculo pelas herdeiras dele, que aprovaram o projeto. O texto é do roteirista do "Zorra", Antônio Dias, que faz a sua estreia escrevendo peça de teatro.

“50 Tons de Loucura” contm a história de um casal, de gostos e idades diferentes, a partir da conturbada e engraçada lua de mel no Marrocos. Eles encenam as loucuras da vida nos dias de hoje, e fazem uma divertida crítica das situações pelas quais passam, tentando harmonizar a vida a dois com as realidades do mundo moderno. O espetáculo, assinado por Antônio Dias e dirigido pelo próprio Anselmo ficará em cartaz até o dia 27 de março.

Não é mera coincidência o nome da peça remeter ao livro best-seller “50 Tons de Cinza”, de E.L. James. A inspiração foi proposital. “Em geral as pessoas sorriem e curtem o nome. Esse show tinha outro nome que era: ‘É tanta coisa que eu nem quero saber’. Com o estouro do sucesso do livro me veio a ideia de ir por esse vácuo. Achei que o nome pegaria em cheio o conteúdo do espetáculo, inserindo uma atualidade/modernidade logo de cara”, conta o autor Antônio Dias.

Ator e diretor da peça, Anselmo explica que cada cena busca uma linguagem: “Temos palhaçaria, mímica cômica, esquetes de nonsense, improvisos, dança e número musicais; uma cena de sexo tântrico; citações a Atlântida Cinematográfica. São muitos tons de comédia propositalmente desenhados e trabalhados para deleite do público e dos atores. Antônio Dias é um mestre em orquestrar atualidades. Sua longa carreira de roteirista e criador de conteúdos vem renascer no teatro e nós tivemos a honra de ser sua estreia”.

Laura confessa que está se divertindo em cena: “A minha personagem é muito louca (risos). Ela é impulsiva, romântica, com um humor ímpar e apaixonada pelo marido. Todas as cenas são muito engraçadas, nós temos uma química que faz com que o espetáculo caminhe sozinho! Somos literalmente levados por ele”.

Serviço

Sala Baden Powell - Av. Nossa Sra. de Copacabana, 360, Copacabana - Rio de Janeiro/RJ
Sexta e sábado, às 21h; Domingo, às 20h. R$ 40
Classificação: 12 anos
Estreia 18 de março. Até 27 de março