Reportar erro
Notícias

Renata Capucci chora no "RJTV 2ª Edição" ao falar de Sandra Moreyra

Repórter faleceu nesta terça-feira (10) no Rio

renatacapucci.jpg
Divulgação
Redação NT

Publicado em 11/11/2015 às 14:22:21

Apresentadora interina da segunda edição do telejornal local "RJTV" - a titular Ana Luiza Guimarães se recupera de uma cirurgia há dois meses -, Renata Capucci se emocionou ao noticiar o falecimento da colega Sandra Moreyra, aos 61 anos, nesta terça-feira (10).

No final da reportagem que homenageou a repórter, Renata falou que Sandra é uma exemplo para todos dentro da Globo e se emocionou.

"A Sandrinha era uma referência para todos nós aqui no jornalismo da Globo, gente. De profissional, de talento, de caráter, uma pessoa exemplar. Uma guerreira, que amava a vida, e que lutou com muita valentia até o fim. Hoje, o céu ganhou mais uma estrelinha, e nós ficamos aqui. Com muita, mas muita saudade", afirmou Capucci.

Depois, pelo Twitter, a jornalista disse que noticiar a morte de alguém que ama foi muito complicado: "Há momentos em q é mto difícil ser jornalista. Como hoje. Escrever e noticiar a morte de alguém que vc adora é cruel. Dói".

A jornalista Sandra Moreyra faleceu nesta terça (10), no Rio de Janeiro. Há alguns anos ela vinha lutando contra um câncer. Recentemente, no último mês de outubro, escreveu no Twitter que estava na batalha contra um novo tumor descoberto e que iria novamente passar por um tratamento intenso e pesado: "Novamente estou sendo posta à prova. Mais um tratamento pra fazer. Eu amo a vida. E vou em frente".

Sandra Moreyra tinha 61 anos e começou sua carreira em 1975, em jornais impressos. Teve passagens pela TV Aratu em 1979 - na época, afiliada da Globo -, Band e Manchete, antes de chegar de fato à Globo, em 1984.

Por lá, já passou por jornais como "Bom Dia Brasil" e "RJTV", onde atuava até o momento. Foi também diretora de programação e editora do canal Globo News em seu início, em 1995. Também trabalhou no cinema, sendo roteirista de alguns documentários nesta década.

Veja o vídeo aqui, a partir do minuto 18:00.