Reportar erro
Notícias

Atriz Mariana Xavier fala sobre ser "gordelícia" e teste no SBT

"Meu primeiro beijo pra câmera foi num teste do SBT", declarou a atriz e apresentadora

mariana-xavier-2208.jpg
Fotos: TV Globo/Estevam Avellar
Redação NT

Publicado em 23/08/2015 às 05:00:00

A atriz e apresentadora Mariana Xavier, desde maio, tem chamado a atenção do público que assiste à Globo diariamente.
 
Gordinha, ela vem fazendo sucesso com os homens, ainda mais depois de seu papel em "I Love Paraisópolis", atual novela das 19h da Globo. A sua personagem, a transloucada Claudete, disputa com Mirela (Luana Martau) o amor de Paletó (Andre Lotti). 
 
O núcleo tem causado boas risadas no público e feito Mari Xavier fazer sucesso nas ruas. Em entrevista exclusiva ao NaTelinha, Mariana comentou sobre este sucesso, a grande recepção do público nas ruas e também falou sobre sua carreira, onde já fez "dramão" e até recusou um contrato para atuar em novela do SBT, depois de passar num teste: "No fim das contas, o contrato não era vantajoso para mim e não aceitei".
 
Veja a entrevista na íntegra: 
 
 - Mesmo você sendo gordinha, o que vemos nas ruas é elogios à sua beleza. Isso chegou a te incomodar alguma vez na vida ou sempre teve orgulho de ser "gordelícia"? 
 
Mari Xavier - Obrigada! Eu só fiquei gorda depois dos 26 anos. E não me senti desde o início uma "gordelícia". O primeiro momento foi difícil: perder as roupas, não achar outras bonitas com facilidade... acho que o fato de a minha carreira começar a engrenar depois que engordei me ajudou muito a me empoderar e superar a tristeza inicial do ganho de peso. Me sentir bonita hoje tem a ver com meu amadurecimento, com a consciência que tomei do meu próprio valor como profissional e como mulher.
 
 
 - O seu núcleo de humor em "I Love Paraisópolis" é um dos mais elogiados na trama. A que você atribui esse sucesso, não só do núcleo, mas da novela inteira? 
 
Mari Xavier - A novela é um conto de fadas moderno, mas sem personagens chatos, clichês. A vida anda muito dura, as pessoas querem relaxar, sonhar e se divertir diante da TV, e acho que "I Love Paraisópolis" encontrou a fórmula pra fazer isso. Acho que está sendo também tão bem-sucedida por seu um trabalho de equipe, em que todo mundo está jogando junto e tendo oportunidade de brilhar.
 
 
 - Você se dá bem fazendo comédia, o que parece ser mais a sua praia. No entanto, se um papel dramático vier, como seria? 
 
Mari Xavier - Minha praia é atuar! Comédia, ou drama, não importa. Modéstia à parte, jogo bem nas duas posições, mas as oportunidades têm surgido mais na comédia e não sou louca de dispensá-las (risos). No teatro já fiz Plínio Marcos, dramão... se vier uma oportunidade de fazer drama na TV ou no cinema vou amar e espero surpreender as pessoas!
 
[galeria]
 
 
 - Você, por muito tempo, fez o "Vídeo Show". Como foi essa experiência? 
 
Mari Xavier - Foi uma experiência maravilhosa! Entrei pra uma experiência de 30 dias a convite do Ricardo Waddington e acabei ficando oito meses. Aprendi muito e fiz grandes amigos na equipe do programa! A gente brinca que "a pessoa sai do Video Show, mas o Video Show não sai da pessoa". De vez em quando passo lá pra visitar a turma. Gostei de descobrir e exercitar meu lado apresentadora e espero ter outras oportunidades nessa área. 
 
 
 -  Ser apresentadora é bem mais fácil que ser atriz ou não tem nada disso? 
 
Mari Xavier - Nada disso! São prazeres e dificuldades diferentes! Como apresentadora eu me sentia mais exposta... não tinha uma personagem pra me defender, pra usar como máscara, era eu. As piadas que eu fazia ali eram as minhas, dava um pouco a sensação de que eu estava "me gastando" tanto, que daqui a pouco ninguém mais ia me achar divertida na rodinha do chopp (risos). "I Love Paraisópolis" veio na hora certa: estava amando fazer o "Video Show", mas ficando um pouco cansada de ser eu mesma (risos).
 
 - Pouca gente sabe, mas você já fez teste para uma novela do SBT, mais exatamente "Corações Feridos". Como foi essa história? 
 
Mari Xavier - Eu tinha lido que o SBT estava querendo investir em talentos desconhecidos da televisão, fiz contato com eles e fui chamada pra um teste. O engraçado é que pra aproveitar uma estada minha em SP, me encaixaram num dia de testes do casal protagonista e eu nunca tinha sido testada com cena de casal, discussão por ciúme, reconciliação e beijo na boca. Meu primeiro beijo pra câmera foi num teste do SBT! (risos) No fim das contas me aprovaram (não pra protagonista, claro! rs), mas a proposta de contrato não valia a pena e preferi não ir.
 
 - Por fim, qual tem sido a receptividade nas ruas? As pessoas te tratam com carinho, elogiam seu trabalho? 
 
Mari Xavier - Está muito legal! As pessoas me abordam com muito carinho, comentam sobre a novela! Elogiam muito a parceria com o Zé Dumont, dizem que se divertem com as confusões com Mirela e Omara e perguntam muito o que o Raul (André Loddi) tem pra deixar tantas mulheres loucas por ele.