Segunda apresentadora mais antiga da Globo deixa programa; confira

Lilian Fernandes assume o "Pequenas Empresas Grandes Negócios"

Esther era a segunda apresentadora com programa jornalístico mais antigo no ar

Publicado em 17/05/2015 às 14:00:12

Por: Lucas Félix

Em chamadas na programação e em seu site oficial, a Globo confirmou uma nova apresentadora titular para o “Pequenas Empresas Grandes Negócios”, programa sobre empreendedorismo exibido nas manhãs de domingo do canal há décadas.
 
A escolhida foi Lilian Fernandes, que foi a primeira âncora do “Jornal da TV”, antigo nome do “RedeTV! News”. Depois ela teve passagens pela ESPN e como freelance na própria Globo.

A chegada de Lilian é apenas a mais visível de uma série de novidades lançada deste domingo (17). O “PEGN” ganhou novo cenário, passou a ser transmitido em alta definição e ganhou mais espaço para interatividade com o site, passando a receber sugestões de pautas e dúvidas dos internautas, em esquema similar ao do “Globo Rural”.

O “GR”, porém, manteve Nelson Araújo e Helen Martins no comando da edição dos domingos, que assumiram em 1996, mesmo após as mudanças. Esse foi o mesmo ano da chegada de William Bonner ao “Jornal Nacional”. Agora, mais longevo que eles, somente Sérgio Chapelin, no “Globo Repórter” desde 1973.

A antiga apresentadora do “PEGN”, Esther Jablonski, estava no posto desde 1990. Médica especializada em psiquiatria por formação pela UFRJ, ela começou como apresentadora comandando um programa sobre ensino público.

A tabela mostra o ano em que o apresentador mais antigo ainda no ar assumiu o comando de atrações de rede do jornalismo e esporte da Globo:

No caso de Esther, a sua sequência ainda foi interrompida. Pouco depois de assumir o programa ,ela enfrentou um ano fora do ar graças ao mau momento econômico do país durante o governo Collor. Em 1992, com o retorno da atração em São Paulo sendo produzida pela Gtec, ela retomou a função, que exerceu até a semana passada.

Em paralelo, ela seguiu uma carreira de atriz, seja no teatro ou na TV. Participou, por exemplo, de “Esperança” e “Mad Maria”. E ainda teve atuações como produtora cultural.

Antes de Jablonski, a comandante da atração, que surgiu como um especial de 13 episódios (e já passou dos 1000) foi a atriz Cristina Prochaska. Ou seja, o “Pequenas Empresas Grandes Negócios” terá somente sua terceira apresentadora em quase 30 anos de existência.
 
Na reportagem, o principal nome também tem uma grande bagagem e permanece no novo formato. Marcelo Baccarini (foto/abaixo), no posto há 15 anos, calcula já ter feito cerca de 1500 reportagens para atração.  

Em abril, após a última gravação sob seu comando, Jablonski publicou em seu perfil no Facebook que se sentia com a “missão cumprida” e prometeu a despedida para o “dia 26”. Porém, o novo programa ficou somente para esse 17 de maio, estrategicamente com o “Pequenas Empresas Grandes Neg[ocios” recebendo de uma edição especial e ao vivo do “Antena Paulista”, motivada pela Maratona de São Paulo.

Nesse dia, foi ao ar um encerramento mais curto que o tradicional, apenas anunciando a capa da revista homônima (e que inicialmente não era da Editora Globo) e desejando uma “ótima semana a todos”.

Já na edição que de fato marcou a sua despedida, em 10 de maio, foi exibida uma gravação em que o texto incluía a chamada ao “próximo programa”, sucedida por um “esperamos você”.



COMENTÁRIOS