Repórter da CNT é preso pela polícia durante programa ao vivo; veja

Reprodução

Publicado em 20/01/2015 às 13:19:01

Por: Sem autor

Uma cena absurda aconteceu no "190", programa policial apresentado nas manhãs da CNT Paraná, nesta terça-feira (20).
 
Durante um link ao vivo para trazer mais informações sobre a notícia de uma explosão de caixa eletrônico que terminou em tiroteio, um homem ferido e uma viatura baleada, em um bairro do subúrbio de Curitiba, o repórter Iverson Vaz foi preso pela PM paranaense.

O jornalista relatava o caso e conversava com uma testemunha, quando foi retirado do local de ação pela polícia. Ao alegar que estava sendo impedido de fazer o seu trabalho para o apresentador Roberto Accioli, a PM lhe deu voz de prisão por desacato.

Accioli fez um apelo ao vivo para o secretário de segurança pública: "Olha o que estão fazendo com o repórter Iverson. Não foi o jornalista que foi atirou na Polícia, foram os bandidos. Que pena que estes policiais estejam agindo desta forma covarde e absurda".
 
Iverson está na 3ª delegacia plantonista de Curitiba, prestando esclarecimentos, e deve ser liberado a qualquer instante.

Confira o vídeo:

 



COMENTÁRIOS