Reportar
erro
Notícias

Globo exibirá homenagem a José Wilker gravada por Tony Ramos

Atração irá ao ar antes do filme "Giovanni Improtta", na "Tela Quente"


a30aa8f497f3f00c00fba876a97b733f.jpg
Divulgação
Por Redação NT

Publicado em 07/04/2014 às 13:10:31

Tendo um infarto fulminante durante a madrugada do último sábado (5), o ator José Wilker, que faleceu aos 66 anos, ganhará uma homenagem na noite desta segunda (7).

A Globo, emissora que trabalhou de 1972 a 1987 e de 1989 até sua morte, preparou uma programação especial para reverenciar o artista. Depois da novela das 21h, "Em Família", entrará no ar uma homenagem ao ator, diretor e crítico de cinema, gravada nesta manhã por Tony Ramos, que foi colega de Wilker em várias novelas.

Tony fez o anuncio durante o programa "Encontro com Fátima Bernardes". Logo após, a Globo exibirá o filme inédito "Giovanni Improtta", na sessão "Tela Quente".

O longa não estava na chamada que anunciou o pacote para este ano, mas a sua exibição é, unicamente, para homenageá-lo. O corpo de José Wilker foi cremado na noite deste domingo (6).

Carreira

José Wilker começou a carreira como locutor de rádio no Ceará, onde nasceu, e se mudou para o Rio de Janeiro aos dezenove anos.
 
Seu primeiro filme foi em 1965, "A Falecida", com uma participação não creditada. Ele trabalhou com Fernanda Montenegro, a protagonista. Em 1979, esteve no elenco do filme "Bye Bye Brasil" e em 1985, no elenco de "O Homem da Capa Preta".


Estreou nas novelas em 1971, em "Bandeira 2", de Dias Gomes, na Globo. Fez muito sucesso com a novela "Roque Santeiro" na qual deu vida ao personagem-título junto com Regina Duarte e Lima Duarte.  Em 1987, se transfere para Rede Manchete, onde dirige o departamento de dramaturgia da emissora, mas em 88, volta para a Globo. Entre 1997 e 2002, dirigiu boa parte dos episódios do "Sai de Baixo", além de ter participado de um dos episódios do programa, em 1998.
 
Interpretou personagens célebres na televisão, como Giovanni Improta, na novela "Senhora do Destino" e o ex-presidente Juscelino Kubitschek na minissérie JK. Em 2012 cai na boca do povo com o personagem Jesuíno Mendonça na novela "Gabriela". O personagem foi marcado pelo bordão "Vou lhe usar", que se tornou febre nas redes sociais.
 
No ano seguinte, narra a chamada da novela "Amor à Vida", e no meio da trama entra no elenco como o personagem Herbert, no que seria sua última trama na TV.