Carlos Henrique Schroder fala sobre "nova Globo": "tem que ousar"

Divulgação

Publicado em 04/04/2014 às 14:36:21

Por: Sem autor

Diretor-geral da Globo desde janeiro de 2013, o jornalista Carlos Henrique Schroder falou sobre as novidades da emissora este ano e sobre sua linha de comando na emissora.

Em entrevista para o jornal "Extra", Carlos Henrique disse que quer incentivar o ambiente criativo no canal carioca e em todo o grupo, com o objetivo de se renovar: "A gente acha que tem que ousar. Vamos, por exemplo, avançar na produção de séries semanais com ganchos fortes, algo a que o público americano está acostumado, mas que aqui ainda é novidade. Nossa cultura é a das novelas diárias. 'A Segunda Dama' e 'O Caçador' vão ao ar uma vez por semana, e suas tramas não se encerram num só episódio. Cada capítulo terá um gancho forte chamando para o próximo. As temporadas serão curtas, e teremos, em vez de 12 produções, como no ano passado, 16".

Sobre as novelas, Schroder comentou que é uma tendência que elas sejam mais curtas e citou "Meu Pedacinho de Chão", que estreia nesta segunda (07) como exemplo. O remake da trama de Benedito Ruy Barbosa terá apenas 110 capítulos: "tais mudanças são resultado de fóruns de discussão internos que foram criados no ano passado para uma ampla reflexão sobre a programação. Desde o ano passado instituímos esses grupos polivalentes, com autores e diretores, que contam com cerca de oito pessoas. Já promovemos debates sobre seriados e atrações de variedades. Vamos fazer um sobre formatos brasileiros, outro sobre novelas".

Perguntado sobre metas de audiência, o diretor afirmou que pretende investir em qualidade de programação, sabendo que o Ibope é consequência disso: "não trabalhamos mais com trilho. O produto tem que ter relevância, cativar, ter abrangência. E aí a audiência vem, é consequência. A qualidade é o principal. Costumo fazer uma analogia com o futebol. O técnico não pode exigir do time um número de gols num jogo. Mas o time tem que jogar bem. Não queremos recuar por causa de audiência".

Atualmente, a Globo tem uma média diária de 14 pontos no Ibope da Grande São Paulo, sendo líder com bastante folga. Porém, programas como "Vídeo Show" tem sofrido com a concorrência da Record e SBT.



COMENTÁRIOS