Reportar erro
Notícias

"Sempre tive vontade de ser atriz", diz Robertha Portella, de "Dona Xepa"

Beldade revela em entrevista exclusiva como chegou à dramaturgia e expectativas para a Dafne

178c462ce0e9995018a6750083ef9176.jpg
Robertha Portella: ex-dançarina e fazendeira, loira agora é atriz e está no ar em "Dona Xepa" - Divulgação/Record
Redação NT

Publicado em 15/07/2013 às 16:20:59

Musa do Brasileirão, dançarina e cinco anos atuando com bailarina do "Domingão do Faustão", Robertha Portella tomou novos rumos em sua carreira em 2012.
 
A loira trocou uma carreira estável na Globo para se aventurar na Record, onde foi convidada para o elenco de "A Fazenda 5". A mudança ousada fez parte de um processo de evolução. "Senti que era o momento de dar um passo maior na minha carreira. Arrisquei!", disse ela em entrevista exclusiva ao NaTelinha.
 

Ex-Globo e ex-Fazenda, Robertha Portella agora é a Dafne, de "Dona Xepa"
 
Em sua passagem por "A Fazenda 5", Robertha não fez feio. A loira se manteve confinada por 87 dias e foi a décima primeira eliminada do jogo. Foram 10 Roças sem ter que ser exposta à berlinda propriamente dita. Em duas ocasiões, suas habilidades permitiram que escapasse pela Prova do Fazendeiro. Entretanto, sua falta de sorte foi disputar a primeira Roça justamente com aquela que mais tarde seria nomeada vencedora do prêmio de R$ 2 milhões, Viviane Araújo. Foram 84% dos votos contrários à sua permanência no jogo.
 

Robertha deixou "A Fazenda" após quase três meses de confinamento
 
Ainda que não tenha levado o prêmio milionário, Robertha ingressou em mais um campo até então desconhecido para ela. Ela foi convidada para integrar a Oficina de Atores da Record, a qual tem aulas ministradas pelo ator e diretor Roberto Bomtempo.
 
Filhos de famosos, como Julia Fajardo, cujo pai é o veterano José Mayer, Maria Eduarda Machado, filha do jornalista Renato Machado, e nomes como Bruno Gissoni, que protagonizou "Malhação", emplacou "Avenida Brasil" e hoje está em "Flor do Caribe" são alguns dos nomes que passaram por esta mesma formação da ex-peoa.
 
O êxito de Robertha Portella na Oficina de Atores da Record, somado a sua beleza, garantiram uma rápida colocação. No ar em "Dona Xepa" como a Dafne, a Mulher Tutti-Frutti, a loira interpreta um papel de várias faces.
 

Robertha Portella em "Dona Xepa", a primeira novela de sua carreira
 
Apesar de aparecer semi-nua na maior parte das cenas, a jovem não chega a ser vulgar e até transparece momentos de ingenuidade e imaturidade. Mãe de Gisele (Ana Clara Pintor), ela lida com uma garota extremamente inteligente e que tenta desvendar um dos mistérios da novela: a real identidade de seu pai.
 
Na entrevista, Robertha falou sobre seus tempos de "Domingão do Faustão", a mudança de ares em "A Fazenda", sua estreia na dramaturgia e mais. Confira:
 
NaTelinha: Antes de ir para a Record, você foi dançarina do "Domingão do Faustão". Como era trabalhar com Fausto Silva?
 
Robertha Portella: O Domingão do Faustão foi onde eu tive minha primeira oportunidade! O Fausto é uma pessoa maravilhosa e o programa tem uma equipe incrível! Eu e mais algumas meninas fazíamos aulas com uma coach para melhorar a oratória, cheguei a ir para a plateia como assistente. Não é fácil lidar com o publico ao vivo! O programa pra mim foi  uma escola maravilhosa.

 
NT: Você também participou da "Dança dos Famosos", sendo instrutora de Dudu Nobre na quinta edição. Como foi a experiência de participar da competição? E como se sentiu ao ser a primeira eliminada na ocasião?
 
Robertha: A ideia da Dança dos Famosos é genial, para quem participa e para o público que pode acompanhar a evolução das pessoas a cada semana! O Dudu é ótimo, mas quando começamos a ensaiar,  não dançava nada, o ritmo dele estava todo da cintura pra cima (risos)! Mas foi muito bacana poder participar do quadro!

 
NT: Como surgiu o convite para integrar o elenco de "A Fazenda 5"? O que achou de participar do reality?
 
Robertha: Estava há 5  anos no Balé do Faustão e senti que era o momento de dar um passo maior na minha carreira. Arrisquei! E foi maravilhoso, costumo dizer que as pessoas que participam de reality shows ou ficam malucas ou evoluem espiritualmente, eu me considero entre os que evoluíram espiritualmente.
 

Sem pudores, Dafne esbanja a sensualidade da Mulher Tutti-Frutti ao lado de sua mãe, Matilda (Bia Montez)
 
NT: "Dona Xepa" é o seu primeiro trabalho nas novelas. Como veio a decisão de se tornar atriz e de frequentar a oficina de atores da Record?
 
Robertha: Sempre tive essa vontade e depois de participar de "A Fazenda", entrei para a Oficina de Atores da Record, e ainda durante aulas da oficina me convidaram para o teste para o papel na novela e passei. A partir desse momento comecei uma nova fase na minha carreira e na minha vida.

 
NT: Como ocorreu a escalação para a Dafne, a Mulher Tutti-Frutti? Você já esperava ser chamada tão rápido?
 
Robertha: Depois que sai da Fazenda, fiquei um pouco ansiosa pra saber o que iria acontecer e foi nesse momento que recebi o convite para a Oficina de Atores, e depois de 6 meses o veio o teste, passei e aí veio Dafne!

 
NT: Vários atores que passaram por "A Fazenda" tiveram - ou ainda têm - dificuldades para voltar às novelas, algo que foi totalmente oposto para você. Como você encara esses dois trabalhos? Como contornou uma dificuldade que é tão grande para muitos nomes?
 
Robertha: Dentro da Record me sinto em casa, sou muito bem tratada (risos)! Vejo o reality como uma porta de entrada para o contato com um público maior, que acaba ficando íntimo de você.  Hoje temos muitos exemplos de pessoas que saíram de reality shows e tem carreiras extremamente bem sucedidas.

 
NT: Acredita que a sua beleza e sensualidade influenciaram na escolha para interpretar a Mulher Tutti-Frutti?
 
Robertha: Com certeza! A Dafne exigiu uma preparação também em relação ao corpo! Optei por buscar um treinamento que me desse maior definição do corpo, comecei a fazer spinning e me viciei.
 

"Alerta Glamour" cede espaço para uma Dafne insegura, que conta com o apoio e o consolo da filha Gisela

NT: Você já sente o efeito nas ruas da nova personagem? Como tem sido a recepção do público?
 
Robertha: Sim! É muito bacana ouvir das pessoas que elas estão torcendo pela Dafne. Uma coisa interessante é que apesar de ser uma personagem extremamente sensual tem um público infantil muito grande, as unhas coloridas uma de cada cor não deixam mentir!

 
NT: A Dafne é extrovertida e, diferente dos filhos de Xepa, não tem vergonha de sua mãe. Ela também é mãe de uma garota que muitas vezes parece ser mais madura. Como avalia a construção de sua personagem pelo autor Gustavo Reiz?
 
Robertha: A minha personagem é uma alpinista social que busca fama a qualquer custo e para isso era cria a mulher tutti-frutti e vai se transformando em outras ao longo da novela, foi a  mulher esponja, será modelo da “Sabor e Luxo” e muitas outras coisas.
 

Dafne e Robério Escovão (Alexandre Barillari): paqueras, beijos e afastamento marcam o dia-dia da dupla em "Dona Xepa"
 
NT: "Dona Xepa" é uma novela curta e já teve praticamente quase 1/3 de seus capítulos exibidos. Existem planos para após o término das gravações? Há algum convite ou perspectiva de novo trabalho na Record ou fora dela?
 
Robertha: No momento só a novela. E meu projeto em relação a novela inclui também uma série de outras coisas, como a criação do meu site e o lançamento de uma página para o fãs no Facebook. Pretendo direcionar minha carreira para esse lado, quero estudar mais, fazer aulas de interpretação, preparação vocal.

 
NT: O que os telespectadores podem esperar da Dafne para os próximos capítulos? Um romance com Robério, Miro ou a revelação do segredo do pai de Gisele estão próximos de acontecer?
 
Robertha: Muita coisa está para acontecer, mas assim como é para o público, para mim o futuro e os segredos da Dafne ainda são uma incógnita! Estou torcendo pra ser o Graxinha, mas para saber meeeesmo vocês tem que perguntar pro Gustavo Reiz, depois por favor me liguem e  me contem também (risos)!