Notícias

Mulher de diretor de "Top Gun" diz que ele não tinha tumor no cérebro


img20120820212747.jpg
Divulgação

Segundo a mulher do diretor Tony Scott, de "Top Gun: Ases Indomáveis", ele não tinha um tumor inoperável no cérebro. Tony se suicidou no último domingo (19). 

De acordo com o site americano "TMZ", a esposa dele afirmou aos policiais envolvidos no caso que o boato do tumor é "absolutamente falso".

Ela disse que Scott não tinha nenhum outro problema de saúde que pudesse tê-lo influenciado em tirar a vida.

Entenda o caso:


Tony Scott pulou da ponte Vincent Thomas no último domingo. Uma pessoa que passava no local chamou a policia. As informações davam conta de que um bilhete suicida foi encontrado no carro dele, que estava próximo a ponte.

Tony dirigiu outros filmes como "Dias de Trovão" e "Um tira da pesada 2". Ele deixou dois filhos.
 

Mais Notícias