Reportar erro
Notícias

Gabriela Spanic, protagonista de "A Usurpadora", deixa hospital sedada e em cadeira de r

Redação NT

Publicado em 06/09/2010 às 23:53:11

A atriz Gabriela Spanic,  protagonista da novela "A Usurpadora", deixou o Hospital Angeles, na cidade do México.


De acordo com o site Esmas.com, pertencente ao grupo Televisa, Gabriela deixou o hospital em uma cadeira de rodas e sedada. Ela foi internada após sentir uma forte tontura e desmaiar no set de gravações do canal mexicano.

 

 

 

 


Divulgação

 



Ainda segundo o site, apesar do seu fraco estado de saúde, a atriz falou com a imprensa mexicana: "Sinto muita fraqueza, dor no trigeminal, que o médico irá explicar o que é. É pior do que arrancar cinco dentes. Eu tenho gravado há duas semanas com uma droga chamada Librontín, que me sedava muito a dor", disse.


Na última sexta-feira (3), Gabriela Spanic foi internada com uma doença infecciosa no lado esquerdo da face, que chegou até a orelha, segundo seu neurologista, Dr. Luis Enrique Amaya.

 
De acordo com o médico, em exames de sangue da atriz foi encontrada uma dose incomum de sulfato de amônio, afetando seu sistema imunológico.


Gaby Spanic não quis falar sobre o envenenamento que sofreu. "Respeitem minha dor, porque eu ainda estou em choque. Eu ainda não consigo acreditar", disse.


Já sobre Maria Celeste Fernandez, a ex-funcionária que a envenenou, a atriz falou: "Ela está presa. A procuradoria não está brincando de detetive, ou seja, está detida".

 
Gabriela Spanic, que vive a vilã da novela "La Duenã", terá que repousar, mas garante que na próxima quinta-feira voltará ao trabalho.



Entenda o caso




A argentina Marcia Celeste é acusada de envenenar Gabriela Spanic. A assistente estaria apaixonada pela atriz. A imprensa mexicana informou que Maria Celeste teria ficado furiosa ao descobrir que Gabriela a queria apenas como amiga e resolveu se vingar.


A assistente envenenava Spanic havia quatro meses e confessou o ato após a descoberta de ampolas em seu quarto. Marcia Celeste foi presa logo após voltar da Argentina.