Negociação

Produtora americana tenta comercializar filme de Flordelis fora do Brasil

Mas acordo pode não ser fechado

 Produtora americana tenta comercializar filme de Flordelis fora do Brasil
Flordelis teve sua vida contada em filme - Foto: Reprodução

Redação NT

Publicado em 21/09 às 10:43:00

A história de Flordelis foi contada em um docudrama, lançado em 2009, e chamou a atenção recentemente de uma produtora de Los Angeles, nos Estados Unidos. O diretor da produção, Marco Antônio Ferraz, conversou com os executivos e a intenção deles é comercializar internacionalmente Flordelis - Basta Uma Palavra Para Mudar.

continua depois da publicidade

De acordo com informações publicadas nesta segunda-feira (21) pelo jornal Extra, apesar das conversas, as negociações podem não prosseguir, porque Flordelis teria que participar das tratativas e ceder os direitos da obra. Outro ponto é que os envolvidos no projeto não querem que a trama ganhe repercussão.

O filme teve a participação de um elenco de peso, com nomes como Bruna Marquezine, Cauã Reymond, Letícia Spiller, Alinne Moraes, entre outros, sendo que ninguém pediu cachê. A verdade vindo à tona sobre a pastora chateou o editor de moda e diretor da produção, que já revelou arrependimento.

continua depois da publicidade

“Se fosse hoje, jamais teria feito esse filme. Não sou cineasta. Sou um contador de histórias e o que contei foi uma mentira diante dos fatos que conhecemos agora. Estou dilacerado, me sinto enganado. É como se não pudesse confiar em ninguém”, disse.

Flordelis é acusada de ter assassinado o marido, o pastor Anderson do Carmo. Ele foi produtor executivo do docudrama e Marco afirma que o religioso era completamente apaixonado pela esposa. “Fazia qualquer coisa que ela quisesse ou mandasse”, desabafou.

continua depois da publicidade

Flordelis e Marco Antônio

Marco Antônio conheceu Flordelis após assistir a uma edição do TV Xuxa, antigo programa da Globo. A atração relatava a história de uma mãe adotiva de 44 filhos, destacando o lado humano dela. “Estava indo viajar e na volta liguei para a Solange, irmã da Xuxa, e ela me ajudou com o contato. Quando conheci Flordelis e sua história, veio a vontade de tornar aquilo público num livro ou documentário”, relembrou.

continua depois da publicidade

Após conhecê-la, os dois se tornaram grandes amigos e ele trabalhou para que o filme sobre a vida dela saísse do papel. Todos os atores que participaram do projeto investiram dinheiro do próprio bolso e a trama tratou Flordelis como uma mulher dedicada, que retirava crianças do tráfico.