Diversidade

Oscar: Em busca de representatividade, Academia anuncia convite para novos membros

Associação quer ter maior diversidade nas premiações

Oscar: Em busca de representatividade, Academia anuncia convite para novos membros
Logitpo do Oscar - Foto: Divulgação

Publicado em 01/07/2020 às 14:25:00 ,
atualizado em 01/07/2020 às 14:37:16

Por: Redação NT

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, responsável pela organização do Oscar, convidou 819 artistas e produtores para participar da votação da premiação. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (1°) e o órgão se mostrou satisfeito com o seu novo momento.

Os convites fazem parte do trabalho da Academia para aumentar a diversificação dos votantes e, consequentemente, permitirá maior representatividade nas indicações dos concorrentes. Se todos aceitarem a proposta da instituição, 45% dos novos membros serão mulheres e 36% serão não-brancos.

Cristina Amaral, Mariana Olivia e Tiago Pavan foram chamados para participar na votação da categoria documentário. Otto Guerra, caso aceite o convite, ficará na área de curta e longa de animação. No setor de Marketing e Relações Públicas foi convidado o executivo da Netflix, Marcos Waltenberg.

 “A Academia tem o prazer de receber esses ilustres companheiros de viagem nas artes e nas ciências cinematográficas. Sempre adotamos talentos extraordinários que refletem a rica variedade de nossa comunidade cinematográfica global, e nunca mais do que agora”, disse o presidente da Academia, David Rubin, em comunicado para a imprensa.

Desde 2016, a indústria de Hollywood passou a cobrar maior representatividade no Oscar e a Academia se comprometeu a dobrar o número de mulheres entre os votantes, além de permitir maior participação de atores, diretores e produtores de diversos países e raça.

Oscar adiado

A Academia também confirmou o adiamento da premiação em 2021. Isso ocorre por conta da falta de prazos para os filmes serem lançados por causa da pandemia do coronavírus, sendo assim, o evento saiu de fevereiro e agora está marcado para o dia 25 de abril.

A instituição também anunciou os primeiros filmes que estão concorrendo na categoria de Melhor Filme para o ano que vem. Quatro longas-metragens são da Netflix, três da Universal e dois da Bleecker Street.





LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!