Queda

Netflix perde um milhão de assinantes desde o lançamento do Disney+ nos EUA

Disney+ foi lançado em novembro e chega ao Brasil em 2020

Netflix perde um milhão de assinantes desde o lançamento do Disney+ nos EUA
Divulgação

Publicado em 21/12/2019 às 10:54:11

Por: Redação NT

A Disney está causando um rebuliço no mercado desde seu lançamento em novembro, nos Estados Unidos. Por lá, fez a Netflix perder um milhão de assinantes, segundo análise da empresa Cowen & Co.

Ao The Hollywood Reporter, a empresa reportou que das 24 milhões de pessoas que assinaram o Disney+, 5,4% cancelaram a Netflix depois de assinaram o concorrente. Uma perda de cerca de 1,1 milhão de usuários.

O grande atrativo da estreia do Disney+ foi a série de TV The Mandalorian, exclusiva do streaming. Além, claro, dos produtos clássicos Disney, reunindo seus maiores sucessos.

Apesar do "boom", analistas garantem que ainda não há motivo para preocupação da Netflix.

Segundo a revista Forbes, Lucífer ganhou o título de programa de TV mais assistido do ano. E apesar dos esforços de rivais como o Amazon Prime e Disney+, a Netflix continua liderando o segmento.

Seus programas ocupam 19 dos 20 programas mais vistos da categoria. A única série que não faz parte do catálogo Netflix é The Handmaid's Tale, do Hulu, um dos principais concorrentes dela nos Estados Unidos e que ainda não está disponível no Brasil.

Disney + e Netflix

Embora os números assustem a Netflix, segundo os pesquisadores, neste primeiro momento, os novos assinantes da plataforma rival ainda não atingiu a empresa responsável por produtos como The Crown e Olhos que Condenam. Estimativa indica que a Netflix terminará o quarto trimestre do ano com 500 mil novas aquisições de usuários, 100 mil a menos da previsão da própria empresa para seus acionistas.

Ainda assim, a pesquisa prevê que a plataforma terminará o último trimestre de 2019 em crescimento, ainda que tenha de enfrentar outros rivais como a Disney + e a Apple TV +.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!