Reportar erro
Queiroz

No Conversa com Bial, Marcelo Adnet fala de novo programa, faz imitações e web repercute

Humorista participou do programa ao lado de Marcius Melhem e Daniela Ocampo

Marcelo Adnet, Marcius Melhem e Daniela Ocampo no Conversa com Bial
No Conversa com Bial, Marcelo Adnet falou de novo programa e fez imitações. Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 19/12/2019 às 09:57:55

O Conversa com Bial recebeu na última quarta-feira (18) os humoristas Marcelo Adnet, Marcius Melhem e a diretora Daniela Ocampo, que falaram sobre os programas de humor da Globo e deram dicas sobre o novo projeto que vem sendo desenvolvido, o Fora de Hora. Além disso, Adnet ainda fez diversas imitações, inclusive de políticos, e acabou repercutindo na web.

Ao longo da entrevista, Bial conversou com os convidados sobre a importância do humor que ganhou espaço no espectro político e foi aí que a diretora artística Daniela Ocampo, responsável pelo quadro do Fantástico, Isso a Globo Não Mostra, comentou sobre o programa.

"O jornalismo voltou a ter um protagonismo na história da gente", explicou ela garantindo que o quadro se tornou fundamental graças a um grupo que compreendeu os temas e soube decupar as ideias. Além disso, Ocampo lembrou que foram necessárias muitas mudanças no roteiro para se adaptar à realidade política do Brasil.

Foi neste ponto que os humoristas falaram do Fora de Hora, novo programa da Globo que estreia em janeiro. Sob a batuta de Marcius Melhem, o humorístico será uma espécie de jornal ao vivo que terá a apresentação de Renata Gaspar e Paulo Vieira. Marcelo Adnet viverá um comentarista esportivo no substituto do Tá no Ar. "A gente vai fazer um telejornal todo de humor sobre o Brasil", cravou.

Marcelo Adnet faz imitações e repercute

Houve um trecho do talk show em que Marcelo Adnet aproveitou para fazer imitações, inclusive relembrando o Militante, um dos personagens icônicos do extinto Tá no Ar. O humorista também fez imitações de políticos, inclusive de Queiroz, um dos assessores da família Bolsonaro e que está envolvido em investigações da Polícia Federal, além do ministro da Educação Abraham Weintraub.

Por conta dessa imitação, o nome de Adnet foi parar nos trending topics do Twitter e virou um dos assuntos mais comentados da internet na madrugada. Enquanto muita gente riu da performance do humorista, outro grupo criticou o posicionamento dele.

Mais Notícias