Cheap

Streaming da Apple deve ser mais barato que Netflix

Mercado promete efervescer nos EUA

Divulgação

Publicado em 23/06/2018 às 09:15:45

Por: Thiago Forato

Com investimentos que vão ultrapassar US$ 1 bilhão na área de streaming, a Apple quer abocanhar boa fatia do mercado que hoje está dividido entre Netflix, Amazon, Hulu e HBO (de maneira mais polarizada) nos Estados Unidos.

A empresa da maçã fechou acordos com nomes de peso como Oprah Winfrey e Steven Spielberg, mas ainda pouco se sabe sobre quanto eles vão cobrar pela assinatura, por exemplo.

Especula-se no mercado que a Apple TV deve passar a ofertar seu conteúdo a partir de abril ou maio do próximo ano, sendo bastante otimista. Mas, de 2019 não deve passar.

Alguns analistas ouvidos pelo Recode imaginam que a Apple vai oferecer algumas séries ou programas de modo gratuito para usuários do aplicativo TV, que vem instalado por padrão nos produtos da companhia. Outros creem que ela vai combinar com um serviço que ela já oferece, como o Apple Music e o Apple Care.

Nos EUA, a Netflix custa US$ 11, considerado acessível. As concorrentes optam por um preço menor para fazer frente à gigante do streaming. O que deve acontecer com a Apple.

A Apple deve continuar atraindo grandes nomes da TV norte-americana e de Hollywood, para tentar engrandecer seu conteúdo.



publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!