Agora é pra valer

Festa com show de Gusttavo Lima é cancelada após nova proibição da Justiça

No último sábado (4), a prefeitura de Teolândia (BA) havia conseguido liminar liberando evento


Gusttavo Lima em peça de promoção da Festa da Banana de Teolândia (BA)
Gusttavo Lima em peça de promoção da Festa da Banana de Teolândia (BA)
Por Helder Vendramini

Publicado em 05/06/2022 às 21:17:00,
atualizado em 05/06/2022 às 21:31:57

O presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, suspendeu a decisão liminar que autorizava a realização da XVI Festa da Banana, onde o cantor Gusttavo Lima tinha apresentação marcada, em Teolândia (BA).

Em seu despacho, Humberto relatou que "cuida-se de gasto deveras alto para um município pequeno, com baixa receita, no qual, como apontado pelo Ministério Público da Bahia, o valor despendido com a organização do evento chega a equivaler a meses de serviços públicos essenciais".

“Não há, de fato, proporcionalidade entre a condição financeira do município, suas prioridades em termos de serviços públicos e o gasto despendido com o evento, ainda que se considere muito relevante a realização de eventos culturais pelo País”, completou o magistrado.

O imbróglio começou quando o Ministério Público da Bahia recorreu à justiça pedindo para que a realização da festa fosse proibida, uma vez que o município havia passado recentemente por uma situação calamitosa e necessitou ser socorrido com verba da União.

O valor da festa, cerca de R$ 2 milhões, equivale a mais de 40% do valor total gasto em saúde pelo município em 2021 e quase os 2 milhões que o governo federal destinou à prefeitura para reparo dos estragos causados pela chuva em dezembro de 2021.

Após conseguir tratar a realização da festa, moradores da cidade de 12 mil habitantes fizeram barricada de pneus para interromper o tráfego no quilômetro 349 da BR-101, que liga a cidade de Touros, no Rio Grande do Norte a São José do Norte, no Rio Grande do Sul.

A alegação dos moradores era de que a realização do evento geraria 200 empregos diretos e mais de 500 indiretos.

No último sábado, a prefeita Rosa Baitinga (PP) comemorou a retomada da festa em seu perfil nas redes sociais e tratou de alfinetar os críticos do evento, que prevê pagar R$ 704 mil apenas com o cachê do sertanejo.

“O povo pediu e o governo municipal vem atendendo aos anseios da população para atrair investimentos e auxiliar a população mais carente, pois a festa da Banana não é uma despesa pública, mas um investimento no bem estar, na cultura e como gerador de riquezas”, diz a nota assinada pela prefeita.

Gusttavo Lima se apresentaria neste domingo

Festa com show de Gusttavo Lima é cancelada após nova proibição da Justiça

O cantor Gusttavo Lima faria sua apresentação no evento neste domingo, mas a decisão do STJ colocou água nos planos dos envolvidos. No início do evento,  a prefeita de Teolândia subiu ao palco do evento e anunciou oficialmente o seu cancelamento.

“Olha, minha gente vou dizer a vocês que estava tudo programado, mas não deu. A péssima notícia chega e chega quase de noite. Parece, gente, que é pra matar a gente. Mas quem tem força e coragem não morre não. Quem tem amigos sobrevive às dificuldades e vou ter força para enfrentar todas essas dificuldades”, disse, Rosa.

“Aquele dinheiro que a gente paga as bandas a gente não tem de volta. Vamos trabalhar duro pelo nosso município”, concluiu.

Coube ao locutor da festa finalizar a fala: “Infelizmente a decisão acaba com a festa da banana. Todo mundo com espírito renovado, voltem para casa e que Deus continue abençoando todos vocês. Que voltem para as suas casas em Paz. Muito obrigado a todos que compareceram aqui hoje”.

Confira a nota publicada pela prefeita no sábado e sobre o cancelamento no domingo:

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias
Outros Famosos