Exclusivo

Juan Paiva torce para que Ravi mude no final de Um Lugar ao Sol: "Mais esperto"

Ator é destaque na novela das 21h escrita por Lícia Manzo


Ator Juan Paiva com camiseta branca posando sério num fundo cinza
Juan Paiva é revelação na novela Um Lugar ao Sol - Foto: Márcio Farias/ Divulgação

Juan Paiva não fala sobre os seus sonhos, mas o ator de 23 anos assume que vive um momento que sempre almejou no inicio de sua carreira: ter um personagem forte e com boa trama em uma novela no horário nobre da Globo. Juan lista qualidades como íntegro e ingênuo, mas torce por uma mudança na  trajetória Ravi. "Que ele fique mais esperto com relação a algumas pessoas, torço para que ele tenha uma vida melhor, conta, em entrevista ao NaTelinha.

Por conta da pandemia, a Globo decidiu colocar a novela Um lugar ao Sol no ar com quase todos os capítulos gravados. O ator explica que ao trabalhar numa obra fechada sentiu falta da opinião e da torcida do público. "Particularmente pra mim, pareceu um cinema com as pessoas gostando e outras não. Mas, foi de boa".

 

O ator jura que não tem mania nem superstição para começar bem ano. Só reza e agradece. "Sempre agradeço".

Confira a entrevista completa de Juan Paiva

Ravi é um dos personagens mais queridos da trama, inclusive teve seu final mudado pela autora por conta do apelo junto ao público. Esperava essa repercussão?

Juan Paiva - Na verdade, eu não sei qual será o final do Ravi e também não sei qual foi a mudança da autora, mas eu esperava essa repercussão positiva. Eu estou muito feliz porque é uma consequência do meu trabalho. Eu tinha uma noção porque o personagem tinha qualidades boas e admiráveis pelas pessoas. Ele é um cara que acredita na vida, na bondade das pessoas e íntegro, ingênuo, puro e isso ajuda muito a cativar o público e levar as pessoas a se identificarem com Ravi. De ser um personagem acolhido e colocado em um lugar de proteção. Eu tinha essa noção, mas não imaginava que teria essa proporção.

O que achou do final da trama?

Juan Paiva - Ainda não sei. Mas eu estou muito feliz com o Ravi.

O que tem de bom moço, o Ravi tem pouca sorte porque tudo acontece na vida de Ravi. É difícil não levar o personagem em casa?

Eu carrego as qualidades e os defeitos de cada um dos meus personagens. Lógico que eu não atuo nas ruas, não vive os meus personagens nas ruas, mas de certa forma eu tenho sempre algo dele comigo, eu carrego algo dele comigo. Eu sei que eu tenho o momento certo de utilizar essa característica do determinado personagem e consigo separar como no momento das gravações, por exemplos. Eu saio e volto para casa como Juan.

Juan Paiva

É difícil não torcer para que ele viva uma mudança?

Juan Paiva - Ah... eu torço. Eu torço para que ele tenha uma mudança. Eu queria que ele mudasse nas coisas que o prejudicam demais e possam afetar a bondade que ele carrega. Eu torço para que ele fique mais esperto com relação a algumas pessoas, torço para que ele tenha uma vida melhor. O Ravi merece.

Na sua opinião, qual seria a mensagem da autora? 

Juan Paiva - Eu acho que Lícia Manzo escreveu Ravi nesse lugar da esperança e que independente das barreiras e dos obstáculos você não pode se abater ou se corromper. Não pensar friamente ou de forma maldosa para vencer na vida. O Ravi não se corrompe, não perde a essência por nada.

Juan Paiva torce para que Ravi mude no final de Um Lugar ao Sol: \"Mais esperto\"

Já tem novos projetos?

Juan Paiva - O ano está começando e já estamos vendo alguma coisa no cinema. Estamos acertando questões de datas.

Como foi gravar uma novela inteira sem o feedback do público?

Juan Paiva - É um lugar diferente porque você não tem as dicas das pessoas e não pode ir lapidando o personagem de acordo com a opinião púbica, a torcida por um determinado personagem e isso acaba sendo uma responsabilidade mais da autora de levar o trabalho do ator. Trabalho fechado tem isso e o interessante é que não dá para mudar. Vê a indignação do público, não pode mudar o rumo e esperar o desenrolar da trama nos próximos capítulos de alguma mudança. Particularmente pra mim, pareceu um cinema com as pessoas gostando e outras não. Mas, foi de boa.

Tem alguma superstição ou mania para começar o Ano Novo?

Juan Paiva - Eu faço a minha oração. Converso com papai do céu todos os dias e faço a minha oração de fé, oração naquilo que acredito e agradecendo tudo que vem acontecendo na minha vida. Sempre agradeço.

Juan Paiva tem medo...

Juan Paiva - Tenho medo de perder a família. Não gosto nem de pensar.

Um sonho que pretende realizar?

Juan Paiva - Só vou contar quando realizar (risos). Eu não conto sobre sonhos.

NaTelinha no Google News

Acompanhe as exclusivas da televisão, resumos das novelas, as bombas dos famosos, realitys e muito mais na palma da mão.

Siga-nos
Mais Notícias
Outros Famosos