Reportar erro
Elizabeth Olsen

As polêmicas da atriz de WandaVision: Reclamação da fama, racismo e assédio

Atriz já foi criticada por alguns comportamentos

As polêmicas da atriz de WandaVision: Reclamação da fama, racismo e assédio
Elizabeth Olsen em WandaVision - Foto: Reprodução

Redação NT

Publicado em 21/02/2021 às 07:45:00,
atualizado em 21/02/2021 às 08:12:01

Elizabeth Olsen, irmã das gêmeas Mary-Kate e Ashley, tem feito muito sucesso na série WandaVision. Mas esse prestígio na TV também lhe rendeu muitas polêmicas ao longo dos últimos, como acusação de racismo e seu descontentamento com a fama. Ela também deletou seu perfil do Instagram, no ano passado, por não se manifestar sobre a morte do ator Chadwick Boseman (1976-2020), o Pantera Negra.

No dia 28 de agosto, o mundo ficou chocado ao receber a notícia que Chadwick Boseman havia morrido. Elizabeth trabalhou com o ator em Capitão América – Guerra Civil (2016), Vingadores – Guerra Infinita (2018) e Vingadores Ultimato (2019), não escondendo que eram grandes amigos.

Em um programa da ABC, no final de agosto, a atriz fez uma rápida aparição. Muito abalada e com os olhos cheios de lágrimas, ela demonstrou seu carinho. “É adequado lamentar a sua morte como um rei”, declarou. Entretanto, ela não se manifestou nas redes sociais e isso revoltou os fãs. Seus seguidores pediram um posicionamento dela e uma explicação por não ter feito nenhuma homenagem em seu perfil do Instagram. Após os mais diversos ataques que recebeu, a artista optou por desativar sua conta.

A imprensa norte-americana informou que Elizabeth teria ficado em “estado de choque” com a morte do seu amigo e optou por sofrer no privado. Mesmo com a pressão do público, ela não quis externar seus sentimentos, aceitando apenas gravar um vídeo ao canal ABC. Atualmente, a atriz segue longe das redes sociais e isso é algo que os fãs lamentam. Com o sucesso de WandaVision, produção do Disney+, muitos não conseguem acompanhar os bastidores da produção.

Elizabeth Olsen reclama da fama

Elizabeth Olsen adora atuar, conforme revelou em coletiva de imprensa de WandaVision aos jornalistas dos Estados Unidos. “É o meu trabalho e faço o meu melhor sempre. Quero ficar velhinha na frente das câmeras e levando muita verdade as personagens que darei vida”, explicou.

Contudo, em janeiro deste ano, ela participou do podcast de Jessie Ware e revelou que não gosta da fama. Irmã das gêmeas Mary-Kate e Ashley, a artista cresceu com os fotógrafos e jornalistas buscando todos os tipos de informações da vida pessoal da sua família.

“É estranho crescer com isso. A parte dos paparazzi era a parte estranha porque eles te seguiam, e quando criança era muito assustador. Eles estavam obcecados por elas fazerem 18 anos”, desabafou. Elizabeth revelou que o assédio foi diminuindo pouco a pouco.

Após o sucesso gigantesco na infância e adolescência, as irmãs gêmeas Olsen vivem uma vida muito mais discreta. Já a protagonista de WandaVision vive seu melhor momento na carreira e, consequentemente, acaba chamando mais atenção dos jornalistas.

Elizabeth Olsen acusada de racismo

Em 2015, Elizabeth foi entrevistada por Graham Norton e usou o termo Gypsy, que significa coisa de cigano. Nos Estados Unidos, a palavra é considerada ofensiva e racista ao povo Romani. Não por acaso, o apresentador repreendeu a atriz e explicou que aquilo poderia chatear muitas pessoas.

Entretanto, recentemente, a atriz conversou com jornalistas dos Estados Unidos e voltou a utilizar a expressão. Tudo isso aconteceu, porque ela comentou sobre o uniforme clássico da Feiticeira Escarlate nos quadrinhos e como insistiu para usá-lo na série. Claro que os fãs se revoltaram e a criticaram nas redes sociais.

“Em 2015, a Olsen já tinha falado bobagem e foi corrigida ao vivo na entrevista. Cinco anos depois, ela faz a mesma coisa. Qual a necessidade de fazer esses insultos? Antes eu achava que tinha sido um erro e ela tinha aprendido, agora vejo que é só uma racista nojenta”, disparou um usuário, sendo seguido por outros internautas.

Elizabeth Olsen: estrela pornô

Calma, não é nada disso que você está pensando. Durante a preparação do filme a Feiticeira Escarlate, Elizabeth Olsen não tinha total conhecimento da personagem e o diretor Whedon pediu para ela fazer uma pesquisa detalhada sobre o assunto, debatendo o figurino.

O diretor chegou a comparar a roupa a “uma estrela pornô”. “Quero que você interprete essa personagem, a Feiticeira Escarlate. Quando você chegar em casa, jogue o nome dela no Google. Saiba que você nunca terá que usar o figurino que ela usa nas HQs”, comentou a atriz em coletiva de imprensa.

Whedon fez uma referência ao figurino da Feiticeira Escarlate nas HQs, que chegou a ser exibido em um episódio de WandaVision. “Ele disse algo do tipo: ‘Não vamos fazer você usar esse tipo de traje para ficar parecendo uma estrela pornô’”, explicou Elizabeth Olsen.

Mais Notícias