Quem pode, pode

Mary-Kate Olsen busca mansão com aluguel de quase R$ 2 milhões após divórcio

Gêmea de Ashley Olsen vai viver no mesmo bairro de antes

Mary-Kate Olsen busca mansão com aluguel de quase R$ 2 milhões após divórcio
Mary-Kate e o ex-marido Sarkozy: união termina após oito anos - Reprodução

Publicado em 22/05/2020 às 09:27:52

Por: Redação NT

Depois de ter se divorciado de Olivier Sarkozy, irmão do ex-presidente da França Nicolas Sarkozy, Mary-Kate Olsen encontrou uma nova casa para passar os próximos meses, de acordo com informações do site Page Six.

A irmã gêmea de Ashley Olsen teve que buscar uma nova residência porque foi simplesmente expulsa de seu ex-apartamento em Nova Iorque.

Ainda segundo a publicação, Mary-Kate conseguiu encontrar uma mansão de luxo no bairro Hamptons, onde morava com o ex-marido. O aluguel seria de cerca de US$ 325 mil (quase 2 milhões de reais na cotação atual) para passar o verão nos Estados Unidos, período que compreende entre junho e setembro por lá.

Coronavírus virou empecilho

A atriz pediu urgência no divórcio. Tudo porque as cortes estavam fechadas por conta da nova pandemia de coronavírus. Nova Iorque é o grande epicentro da doença no país.

Os dois mantinham uma relação há oito anos, e de acordo com a publicação, a irmã de Ashley Olsen queria iniciar o processo do divórcio em abril, mas a Justiça informou que devido ao coronavírus, não estava aceitando pedidos de divórcio. Ela, então, entrou com uma ordem judicial de emergência para acelerar as coisas.

Mary-Kate teria pedido ainda que o acordo pré-nupcial entre eles fosse mantido. O ex-casal subiu ao altar em novembro de 2015, numa cerimônia íntima em Manhattam. Eles não têm filhos juntos. Olivier tem dois do seu primeiro casamento.

publicidade




LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!