Nas redes

Antonia Fontenelle rebate Camila Pitanga após publicação sobre a trans Suzy

Famosa cobrou uma posição da atriz sobre a família de menino morto por presidiária

 Antonia Fontenelle rebate Camila Pitanga após publicação sobre a trans Suzy
Antonia Fontenelle, Suzy e Camila Pitanga - Foto: Montagem/Reprodução

Redação NT

Publicado em 10/03 às 15:33:57

Antonia Fontenelle sempre está causando, e dessa vez, resolveu cobrar uma posição de Camila Pitanga sobre a trans Suzy, assunto que vem repercutindo bastante nos últimos dias.

continua depois da publicidade

A atriz tinha feito uma publicação, com um vídeo mostrando o abraço de Dráuzio na presidiária, há alguns dias, falando sobre o quanto se sensibilizava sobre o fato da presidiária não receber visitas. "Existem muitos tipos de solidão. E dói muito ouvir que são 8 anos sem receber nenhum tipo de visita. Mas a solidão da pessoa trans ultrapassa os muros da prisão. A pessoa trans é sozinha quando a família não a aceita e é jogada em uma sociedade que também não a aceita. Meu abraço e meu carinho a cada uma e cada um que se sente só, em especial a Suzy, que ela consiga sentir todo o carinho e acolhimento para seguir sua jornada com mais leveza e menos sozinha", disse.

continua depois da publicidade

Dias depois, quando começou a ganhar força nas redes sociais sobre os motivos que levaram Suzy à prisão, Fontenelle decidiu cobrar Pitanga uma posição em torno da família da criança que foi morta. "Cara Camila, se possível estenda também seu abraço a mãe que perdeu seu filho estuprado estrangulado pela pobre Suzy. Obrigada", disparou.

Dráuzio Varella explica abraço

Criticado por diversas pessoas, como Sikêra Júnior, do Alerta Nacional, Dráuzio Varella utilizou o vídeo para explicar o abraço dado a Suzy. “Ali aconteceu o seguinte, eu terminei a entrevista, que foi uma entrevista longa e ela ficou de cabeça baixa no fim, quando eu perguntei há quanto tempo ela não recebia visitas e ela falou há sete, oito anos. Eu ainda disse pra ela ‘solidão, ne minha filha?’, nessa hora ela se virou pra mim, ela se virou com um olhar tão triste, que me comoveu e eu dei um abraço nela. Pra quem acha que eu errei, desculpa, mas esse é o meu jeito. Eu lamento, mas assumo totalmente a responsabilidade pela repercussão negativa que o caso teve”, insistiu.

continua depois da publicidade

Por fim, o médico pôs um ponto final em suposições a respeito de suas intenções políticas no futuro. “Agora, eu gostaria de dizer claramente e sem nenhuma chance de que eu volte atrás no futuro, que nunca fui e nem serei candidato a nada. As pessoas que estão explorando politicamente este episódio, podem ficar tranqüilas”, encerrou.