Bate-papo

Hugo Bonemer revela quarentena na casa de William Bonner: "Primo querido"

Ator também falou sobre doação de sangue e trabalho

 Hugo Bonemer revela quarentena na casa de William Bonner: "Primo querido"
Hugo Bonemer - Foto: Reprodução/Instagram

Redação NT

Publicado em 23/04/2020 às 14:19:00,

Hugo Bonemer concedeu na última quinta-feira (09), uma entrevista exclusiva em live no Instagram do NaTelinha e conversou sobre diversos assuntos da sua carreira e vida pessoal, explicando que tem boa relação com seu primo, o jornalista William Bonner, e retornará a gravar uma série do Globoplay em novembro.

continua depois da publicidade

Em conversa com o apresentador Deivisson Santos (@deivissontv), o ator contou que tem respeitado o período de quarentena. “Saí três vezes de casa em 38 dias. Estou seguindo à risca [quarentena]”, confessou.

Ele relatou que foi difícil lidar com a solidão dos primeiros dias, mas depois se acostumou e gostou de ter sua própria companhia. “Estou gostando sim. Não posso reclamar, estou conseguindo trabalhar de casa. É um baita privilégio. Os primeiros dias foram bem angustiantes por causa da falta de companhia, aí depois eu gostei muito de ficar sozinho e por último a família me resgatou, mas ainda em isolamento todo mundo”, explicou.

continua depois da publicidade

Questionado se ele se incomoda por ser chamado de primo de William Bonner, âncora do Jornal Nacional, Hugo comentou que não e enxerga o termo de maneira carinhosa. Por sinal, o artista tem boa relação com o apresentador. “Tô inclusive na casa dele, abrigado, isolado. Um primo querido”.

Doação de sangue

Hugo fez a dublagem do cantor Freddie Mercury no filme Bohemian Rhapsody (2018) e falou sobre a doação de sangue de pessoas que fazem parte da comunidade LGBTQ. O ator explicou que ainda há muito preconceito com gays assumidos que querem doar.

continua depois da publicidade

“Eu soube que alguns hospitais aceitam sangue de LGBT’s, mas a informação oficial é pra não constranger eles recolhem o sangue e jogam fora. Não usam e não testam, ainda que a única coisa que poderia doar sangue se ela tivesse algum tipo de infecção, geralmente causada por vírus, como é o HIV”, contou.

“Mas partindo do princípio que todos os sangues são testados, as perguntas deveriam ser mais focadas, por exemplo, ‘como foi a última vez que você testou para HIV’?”, opinou Bonemer.

continua depois da publicidade

Trabalhos

Hugo é cantor e apresentador, mas ele assumiu que sua preferência é atuar, tanto que, antes da pandemia do novo coronavírus, o artista estava trabalhando em um novo projeto de série.

“Eu sou ator, antes de tudo. É o que me sinto mais à vontade, os outros eu fui encontrando no meio do caminho, como apresentador. Estou fazendo uma série pro Globoplay que parou e deve voltar só em novembro”, revelou.

continua depois da publicidade

Ao longo de todo período de quarentena, o NaTelinha realizará entrevistas ao vivo no Instagram, fique ligado!